Início Notícias Benfica já tem substituto definido em caso de demissão de Jorge Jesus

Benfica já tem substituto definido em caso de demissão de Jorge Jesus

TORCEDORES: Contestado pelo trabalho à frente do Benfica, Jorge Jesus pode ser demitido antes do fim do contrato. Como o clube português ainda tem chances de classificação para o mata-mata da Champions League, o duelo contra o Dínamo de Kiev será crucial para o futuro do técnico. Mesmo com o cenário de indefinição, segundo o jornal “Correio da Manhã“, a diretoria já possui um nome para assumir a equipe em caso de saída do técnico.

De acordo com o diário, Nélson Veríssimo, treinador do Benfica B e com um ótimo desempenho na temporada, recebeu aviso que vai substituir Jorge Jesus em caso de uma demissão. A escolha foi feita por Rui Costa, presidente dos Encarnados. Apesar da reposição estar definida, o mandatário máximo do Benfica ainda crê em uma volta por cima do ‘Mister’.

Para conseguir a vaga nas oitavas de final da Champions League, o Benfica precisa vencer seu jogo e torcer para o Bayern de Munique contra o Barcelona. Caso o objetivo seja cumprido, a equipe irá ganhar moral para os dois jogos marcados contra o Porto, no final do mês, pelo Campeonato Português e Taça de Portugal.

Enquanto os bastidores do Benfica se encontram agitados, o Flamengo está atento ao que ocorre na Europa. Interessado em viabilizar o retorno de Jorge Jesus, o Rubro-Negro aguarda uma demissão para que o profissional fique livre no mercado. Porém, como existe uma necessidade de definição ainda em dezembro, existe um prazo para que o técnico dê sua resposta.

“O Jorge tem contrato em vigência, tem dois compromissos importantíssimos nesses próximos 20 dias. É uma temeridade eu chegar e falar de Jorge Jesus até pela situação dele no Benfica nesse momento. Ele é um técnico que deu certo no Flamengo, é um técnico que a torcida e ele têm bastante conexão, até porque ganhou muito aqui. Vamos dar tempo ao tempo. Sem estar na inércia, mas com calma. A gente vai ter um técnico com uma comissão técnica para, em 2022, a gente poder retomar os títulos”, disse Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo.