Início Notícias Jornal Português diz que Jorge Jesus pode ser demitido essa semana, caso...

Jornal Português diz que Jorge Jesus pode ser demitido essa semana, caso tropece na quarta-feira

A imprensa de Portugal afirma que a chapa está quente para Jorge Jesus no Benfica. De acordo com o jornal Record, o Mister poderá ser demitido do comando técnico do Benfica caso não ganhe o Dínamo Kiev na quarta-feira, em casa, na Liga dos Campeões. O jornal apurou que muito além dos resuldos esportivos, a pressão política é algo que vem minando a imagem de JJ. A relação do mister com o empresário Bruno Macedo e o ex-presidente Luís Filipe Vieira, ambos envolvidos na Operação Cartão Vermelho não agrada os dirigentes do clube e nem os torcedores.

Para quem não lembra do caso, Luís Filipe Vieira foi um dos quatro detidos numa investigação que envolve negócios e financiamentos superiores a 100 milhões de euros, com prejuízos para o Estado e algumas sociedades. O ex-presidente do Benfica e amigo particular de Jorge Jesus, foi indiciado por estelionato, falsificação de documentos, lavagem de dinheiro, fraude fiscal e abuso de informação. No mesmo processo, foram também detidos o seu filho Tiago Vieira, o agente de futebol e advogado Bruno Macedo e o empresário José António dos Santos, proprietário da empresa Valouro e maior acionista individual da estrutura benfiquista.

O contrato de Jorge Jesus vai até o meio do ano que vem, mas os bastidores benfiquistas acreditam que o treinador não chega até lá. No Flamengo, aumentam a atenção ao que acontece por lá, já que os dirigentes ainda estudam um nome para comandar o Flamengo na próxima temporada. Logo após a reeleição de Landim, o VP de futebol do clube, Marcos Braz afirmou que o Mister está no radar do Flamengo, mas que o clube aguardaria o desenrolar no Benfica para saber se haverá chances de trazer de volta o técnico.