Início Notícias Jorge, do Palmeiras, provoca o Flamengo, seu ex-clube, em título da Libertadores

Jorge, do Palmeiras, provoca o Flamengo, seu ex-clube, em título da Libertadores

A comemoração do título da Copa Libertadores no vestiário do Palmeiras foi repleta de provocações aos jogadores do Flamengo. Willian Arão, inclusive, foi um dos alvos dos bicampeões do torneio continental neste final de semana.

Porém, uma provocação foi surpreendente foi a do lateral Jorge contra o Flamengo, equipe onde foi revelada. “Eu cheguei para ser campeão logo em cima deles”, teria dito o Jorge, jogador do Palmeiras, de acordo com a jornalista Raisa Símplicio.

VEJA COMO FOI PALMEIRAS X FLAMENGO:

Em começo de jogo movimentado, o Flamengo até chegou mais vez perto do goleiro Weverton. Porém, o primeiro gol do confronto foi marcado pelo Palmeiras. Após lançamento de Gustavo Gómez nas costas de Filipe Luís, Mayke cruzou a entrada da área e o meia Raphael Veiga chegou sozinho para balançar as redes no estádio Centenário aos 5 minutos de primeiro tempo.


Receba as notícias do Flamengo pelo WhatsApp


Flamengo seguiu tendo a posse de bola e até criou boas chances com Bruno Henrique. Porém, os contra-ataques do Palmeiras movimentaram o jogo e levou mais perigo ao goleiro Diego Alves. Em uma das chances em velocidade, Rony cruzou e Rodrigo Caio quase colocou a bola para dentro do próprio gol na tentativa de cortar a jogada.

Na volta do intervalo, o clube comandado por Renato Gaúcho causou mais perigo ao gol de Weverton. David Luiz, Gabigol (duas vezes) e Bruno Henrique conseguiram grandes chances para marcar. Porém, o camisa nove só conseguiu balanças as redes mesmo 27 minutos da segunda etapa para empatar o duelo na final da Libertadores.

A partida terminou empatada no tempo regulamentar e teve de ir às prorrogações. Para a surpresa de muitos, o técnico Abel Ferreira tirou Raphael Veiga, que estava cansado, e colocou o atacante Deyverson. Em deslize de Andreas Pereira na saída de bola, o atacante do Palmeiras saiu na cara de Diego Alves e garantiu o título do Verdão.