Início Notícias Flamengo acertou apenas 2 das 19 finalizações na final da Libertadores contra...

Flamengo acertou apenas 2 das 19 finalizações na final da Libertadores contra o Palmeiras; veja os números da decisão

A grande decisão da Conmebol Libertadores 2021 terminou neste sábado (27) com o título do Palmeiras sobre o Flamengo por 2 a 1 no Estádio Centenário.

Raphael Veiga abriu o placar no primeiro tempo da decisão e Gabriel foi ás redes pelo rubro-negro no segundo tempo, deixando o placar em 1-1 no tempo regulamentar.

Mas o destino da final foi sacramentada na prorrogação, quando Deyverson aproveitou falha de Andreas Pereira e conseguiu vencer o goleiro Diego Alves.

Os números da decisão registrados pelo Sofascore apontam um dos problemas do Flamengo de Renato Gaúcho. O rubro-negro tentou 22 cruzamentos na área e acertou apenas 5, com 23% de aproveitamento.

Veja as estatísticas de Palmeiras 0-0 Flamengo

PALMEIRAS 2-1 FLAMENGO
PALFLA
Posse de Bola36%64%
Finalizações do alvo62
Finalizações fora do alvo311
Chutes bloqueados16
Escanteios49
Impedimentos02
Faltas1816
Cartões Amarelos33
Cartões Vermelhos00
Aproveitamento nos passes72%84%
Chances na pequena área11
Finalizações na área710
Finalizações fora da área39
Defesas difíceis14
Passes407725
Passes certos293607
Bolas longas46/10430/52
Cruzamentos3/165/22
Dribles9/1817/33
Perdas de posse172185
Divididas vencidas6878
Bolas aéreas vencidas2124
Fonte: Sofascore

Outro número que chamou atenção negativamente por parte do Flamengo foi no ataque: O rubro-negro fechou a decisão com 19 finalizações, nove a mais do que o Palmeiras. Mas destas finalizações, apenas 2 chutes do Flamengo foram no alvo, enquanto o Palmeiras conseguiu 6 chutes.

Por fim, cabe destacar a quantidade de passes e de tempo com a bola. O Palmeiras trocou 407 passes com 36% de posse, enquanto o Flamengo trocou 725, com 64% de posse. Apesar disso, não foi o suficiente para furar o bloqueio defensivo do Palmeiras, que fechou a final da Libertadores com 28 bolas afastadas.

No ataque rubro-negro, dois jogadores importantíssimos acabaram decepcionando. Everton Ribeiro perdeu 5 das 8 divididas e foi desarmado 8 vezes enquanto esteve no campo. Bruno Henrique permaneceu mais tempo, mas errou 7 passes, 2 cruzamentos, perdeu 12 dos 13 duelos pela bola e foi desarmado 17 vezes, além de ter cometido 4 faltas, em uma das piores atuações da carreira.

Retirado de: Torcedores