Início Notícias Renato Gaúcho conta como motiva o elenco: “Chance de entrar para a...

Renato Gaúcho conta como motiva o elenco: “Chance de entrar para a história”

Está chegando a hora! Em poucos dias Flamengo e Palmeiras entrarão em campo, no Estádio Centenário, para decidir a final da Libertadores da América 2021. O rubro-negro volta à finalíssima dois anos depois de conquistar o último título pela competição. E vai jogar a final querendo manter um tabu: nunca perdeu uma final de Libertadores. Das duas vezes que chegou, levou o troféu para a Gávea.

E Renato Gaúcho sabe disso. Com parte do elenco que conquistou a taça em 2019, o treinador reforça a possibilidade do elenco entrar, mais uma vez, na história do Flamengo. “Tem jogadores que jogam 10, 15 anos no clube e não marcam o nome na história, porque não conquistaram. Eles já conquistaram [a Libertadores] e entraram na história do clube. E eles têm ainda mais chances de entrarem na história do clube, ganhando duas vezes a Libertadores. Isso eu falo com eles nas minhas preleções”, contou o treinador em entrevista ao perfil oficial da Conmebol no YouTube.

Os flamenguistas que moram fora do Brasil podem assistir à final da Libertadores com narração em português na beIn Sports. O canal faz parte do pacote Fanatiz Front Row, do serviço por assinatura Fanatiz. O torcedor rubro-negro, aliás, pode aproveitar a Black Week, que vai até 26 de novembro, e fechar uma assinatura anual da Fanatiz com 50% de desconto – com isso, o pacote sai por US$ 4 nos próximos 12 meses.

Ainda sobre a final, Renato diz que será um “jogo de xadrez”, dentro e à beira de campo. “São dois grandes elencos. Quem aproveitar melhor as oportunidades será o campeão. Será um jogo muito pegado, muito estudado. Será um jogo de xadrez fora das quatro linhas, entre os treinadores. São dois grandes elencos”, projetou o técnico rubro-negro.

Flamengo e Palmeiras se enfrentam neste sábado (27), a partir das 17h, no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. Se o confronto terminar empatado, a disputa vai para a prorrogação. Se a igualdade persistir, o título será decidido nos pênaltis.