Antes de veto à Globo na final da Libertadores, narrador da emissora criticou transmissão da Conmebol

Crédito: Reprodução / TV Globo

Por descumprir uma regra da Conmebol nas semifinais da Libertadores, a Globo foi punida pela entidade que comanda o futebol sul-americano e não terá ninguém na cobertura oficial da grande final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo neste sábado (27), às 17h (horário de Brasília), no estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.

De acordo com o “Notícias da TV“, a emissora carioca foi punida pela Conmebol por causa de uma transmissão pirata de uma entrevista coletiva do técnico Abel Ferreira, do Palmeiras, nas semifinais da Libertadores.

Por contrato, a Conmebol proíbe a exibição de entrevistas coletivas ao vivo de seus torneios por empresas que não são donas dos direitos de transmissão dos jogos em qualquer mídia.

Narrador da Globo critica transmissão na Conmebol TV

Durante o podcast ‘A Mesa’, o narrador da TV Globo, Luís Roberto, comentou a transmissão da Conmebol TV na final da Copa Sul-Americana entre Athletico Paranaense e Red Bull Bragantino e detonou. Após André Rizek ter dito que a final foi esvaziada e acompanhada “apenas por um nicho”, Luís Roberto disse que a transmissão da final foi ruim.

“Transmissão ruim, transmissão ruim da final. Aquele começo foi muito ruim a transmissão… Com todo o respeito, mas o melhor do começo foi o Barões da Pisadinha animando o público no Estádio Centenário”, disse o narrador.

Desde que a DAZN rescindiu o contrato com a entidade, a Copa Sul-Americana tem transmissão exclusiva pelo Conmebol TV no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui