Flamengo completará dois meses sem jogar com ‘time ideal’, e Arrascaeta deve ir para a final no sacrifício

Libertadores: pela volta das semi, o Flamengo venceu o Barcelona-EQU por 2 a 0 (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)

Flamengo ainda terá dois compromissos em Porto Alegre pelo Campeonato Brasileiro, contra Internacional e Grêmio, dias 20 e 23, respectivamente, antes de embarcar para decidir a Libertadores, no dia 27. E Renato Gaúcho chegará para enfrentar o Palmeiras após quase dois meses desde a última vez em que conseguiu escalar o “time ideal”, sendo que ainda há preocupação atual quanto à condição física de alguns jogadores, sobretudo com Arrascaeta.

O jogo contra o Barcelona, no dia 29 de setembro, na volta das semifinais da Libertadores, no Equador, foi a última vez em que o Flamengo atuou com a formação tida como principal, ou seja com: Diego Alves; Isla, Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luís; Willian Arão, Andreas Pereira, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol.

De lá para cá, por questões físicas, Renato teve que mesclar a equipe no Brasileirão – e Michael, principalmente, foi quem mais aproveitou a brecha, deixada por Arrascaeta. 

Por falar em Arrascaeta, apesar dele ter iniciado a fase de transição física na última quinta-feira, conforme o LANCE! informou, há a preocupação de que a lesão muscular na coxa não tenha sido de grau 2, mas, sim, de grau 3 – a notícia foi dada primeiramente pelo jornalista Venê Casagrande.

É possível que Arrascaeta, sem atuar pelo Fla desde 3 de outubro, vá para o jogo contra o Palmeiras no sacrifício, podendo até começar no banco de reservas, o que faria com que Renato seguisse sem poder escalar o “time ideal” de início.

Outro titular, Rodrigo Caio está recuperado de um edema na panturrilha e, ontem, treinou com o grupo sem restrições. O zagueiro tende a ser poupado nos jogos anteriores à Libertadores ou jogar poucos minutos até lá, assim como Bruno Henrique, que teve uma tendinopatia constatada no joelho e será preservado no dia a dia. Pedro, idem.

– É um pouco cedo para se falar quem vai para o jogo, quem vai estar à disposição, quem está fora do jogo. A gente está fazendo de tudo para recuperar. Eu já venho falando isso há muito tempo até porque é uma programação do próprio clube dar ritmo de jogo para todo mundo, estar com o maior número de jogadores à disposição para o dia 27 sem esquecer do Campeonato Brasileiro – avisou Renato Gaúcho, na última entrevista coletiva.

> Veja e simule a tabela do Brasileirão

O Flamengo ainda treina nesta sexta no Ninho antes de embarcar para Porto Alegre. A torcida tem um “AeroFla” programado para motivar o time no Aeroporto do Galeão logo mais. O jogo contra o Internacional será às 21h30 deste sábado, no Beira-Rio, pela 34ª rodada do Brasileirão.

Fonte: Lance

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui