Início Notícias Árbitro admite ter mentido que Diego o xingou em 2018 para expulsá-lo...

Árbitro admite ter mentido que Diego o xingou em 2018 para expulsá-lo contra o Vasco

O árbitro Luiz Flávio de Oliveira expulsou Diego no Flamengo x Vasco, de 2018, alegando ter sido xingado. O jogador levou o caso à Justiça Comum.

O GLOBO: NELSON LIMA NETO

Lembra da história que saiu aqui dias atrás, sobre a ação na Justiça do meia Diego Ribas, do Flamengo, contra o árbitro Luiz Flávio de Oliveira, acusando-o de difamação e falsidade ideológica por “mentir na súmula de um jogo”?

Pois dias atrás, em audiência 9º Juizado Especial Criminal do TJ do Rio, ambos encerraram a questão após, veja só, o árbitro pedir desculpas ao jogador.

É que Diego, durante um clássico entre Flamengo e Vasco, em 2018, foi expulso por Luiz Flávio. Segundo a súmula, o árbitro informou que Diego o xingou por diversas vezes.

Já o atleta levou o caso à Justiça comum ao considerar que o árbitro “inseriu intencionalmente informação falsa” na súmula da partida para justificar o cartão vermelho.

“A parte Luiz Flávio de Oliveira lamenta e se desculpa pelos fatos ocorridos que geraram os presentes autos; a expressão tida como ofensiva relatada na súmula no momento da partida em que ensejaram a expulsão não foram proferidas pelo atleta. Mas, pelo momento conturbado da partida acabei me equivocando sobre quem teria proferido tal expressão”, diz o relatório da audiência com o pedido de desculpas.

Após a retratação, a defesa de Diego apontou não ter mais o que reclamar sobre o fato. A tendência é que o acordo, após o pedido de desculpas, seja homologado pela Justiça.