Novo presidente de arbitragem da CBF já foi acusado de xingar jogadores do Flamengo

Foto: Laís Torres / CBF

Após as polêmicas de arbitragem na partida entre Flamengo e Bahia, pelo Brasileirão, o mundo da arbitragem, está de “pernas para o ar”. Isso porque Leonardo Gaciba, até então, presidente de arbitragem da CFB, foi desligado de suas funções na entidade. Nesse sentido, Alício Pena Júnior, vice presidente de arbitragem, assume interinamente. Contudo, Alício e o Flamengo, já se “enfrentaram” uma vez.

Jogadores do Flamengo na época reclamaram

Na temporada de 2013, Alício apitou a partida entre Flamengo e São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro. Nesse sentido, Chicão, na época zagueiro do Flamengo, acusou o então árbitro, de provocar e ofender os rubro-negros durante todo o jogo.

“É complicado encontrar um árbitro que chama o time do Flamengo de fraco, que manda nosso time chupar porque o São Paulo está ganhando. A gente sabe do histórico dele, é só procurar. Ele não passa de um babaca e não pode apitar jogos do Campeonato Brasileiro”, disse Chicão, em entrevista na época.

Outro que estava em campo no dia, o volante Elias, que também reprovou as atitudes do árbitro na época. O jogador declarou na época para a rádio Tupi, que o juiz se comportou como um ditador durante a partida.

“Ele é um ditador, isso não existe. Contudo, Sem contar o linguajar que ele usou com o Chicão em campo. Escutei coisas que não imaginava escutar de um árbitro. Xingou nosso jogador de todos as formas. Não adianta, tem que colocar gente nova para apitar. Do jeito que está não existe a menor condição de continuar. É um pessoal ultrapassado, tem que tirar um cara desses do futebol”, disse Elias.

Em suma, Alício Pena Júnior, ficará no cargo de presidente interino de arbitragem da CBF até o fim da temporada. Depois disso, a CBF deve anunciar algum novo nome, ou nomear de fato Alício na função.

Vale ressaltar, que outros clubes já reclamaram do nome de Alício na nova função.

Twitter: @diego_alarconf