Marcos Braz banca Renato no Flamengo e mantém esperanças no Brasileirão: “não é impossível”

Alexandre Vidal/Flamengo/Divulgação

Vice-presidente de futebol do clube também reclamou da arbitragem na partida contra a Chapecoense

Após o empate em 2 a 2 com a Chapecoense, o Flamengo desembarcou no Rio de Janeiro no início da manhã desta terça-feira (09). Com sabor amargo pelo tropeço, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do clube, fez questão de criticar a arbitragem da partida.

“O Flamengo não foi bem no jogo, a gente não está querendo e nem tem esse intuito de passar uma situação que não procede, o Flamengo não estava bem, não vem bem, mas isso não tem a ver com o que está acontecendo com a arbitragem. Erros acima de erros, erros que dão medo. É demais”.

LEIA TAMBÉM:

[VÍDEO] Bruno Spindel se revolta com a arbitragem e cobra atitude do Gaciba: “É um crime”

Procuradoria do STJD pediu a exclusão do Flamengo da Copa do Brasil 2022

Flamengo recebe multa de R$ 50 mil por cânticos homofóbicos na Copa do Brasil

Braz também foi questionado sobre a sequência de trabalho de Renato Gaúcho no clube e foi direto.

“Se não tivesse mantido já tinha anunciado lá. Não entendi a relação da pergunta. Se tivesse acontecido alguma coisa diferente geralmente se anuncia”, disse o mandatário.

Mesmo diante da irregularidade no Brasileirão, Braz não jogou a toalha, ele vê a situação como difícil, mas não impossível.

“O Flamengo numa situação difícil em relação ao título brasileiro, não é impossível, o Flamengo vai lutar até o final e daqui a 2 semanas uma Libertadores da América. Tem muita coisa para disputar até o final desta temporada. Libertadores, uma possibilidade de um Campeonato Brasileiro, sempre tem que se respeitar”.

Com 54 pontos e um jogo a menos que o Atlético-MG, líder do Brasileirão com 65, o Flamengo volta a campo nesta quinta-feira (11), diante do Bahia, pela 31ª rodada.

Fonte: Goal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui