Carol Portaluppi, filha de Renato Gaúcho, chora e desabafa nas redes sociais: “Queria que vocês não confundissem as coisas”

FOTO: REPRODUÇÃO/ INSTAGRAM

O técnico Renato Gaúcho tem sofrido bastante pressão e críticas por parte da torcida pelas últimas atuações do Flamengo. Após o empate contra a Chapecoense por 2 a 2, Rubro-Negros subiram campanha pedindo a saída do treinador do comando do Mais Querido. Em meio a esta situação, a filha de Renato Gaúcho, Carol Portaluppi, se manifestou pelas redes sociais nesta terça-feira (09), bastante abalada com comentários ofensivos que tem recebido. Confira a declaração: 
 

“Estou sofrendo pressão grande na  internet e entendo todo mundo, todos os torcedores de todas as torcidas. Fui criada no meio do futebol, sei como é a pressão e as coisas. Não é novidade para mim. Eu estou me sentindo pressionada na internet. O que quer que eu faça, estou até distante, é nítido isso. Não gostaria de ficar distante. Eu trabalho na internet. Minha saúde mental não está legal. Sou uma pessoa como qualquer outra. Queria que vocês não confundissem tanto as coisas. Na hora de comentar, pensar. Falamos de cabeça quente, mas tem um ser humano aqui que lê. Basicamente é isso. Estou pedindo empatia. Tem horas que parece que não vou aguentar. 
 

Para acabar. É exaustivo e cansativo. Muita pressão lidar com tudo e tanta gente falando coisas que machucam. Sendo que às vezes eu não tenho culpa. É isso mesmo. Minha maior mensagem aqui é pedir empatia. Tem uma outra pessoa atrás da tela, no caso eu, que tem sentimento e tem que lidar com a vida. Fico muito triste de ver muita coisa aqui na internet.”