Início Notícias Flamengo estuda romper com a Adidas e criar a própria marca

Flamengo estuda romper com a Adidas e criar a própria marca

O Flamengo pode mudar seu fornecedor de material esportivo em breve ou até mesmo, ser o seu próprio fornecedor. Em entrevista ao portal “GE”, o vice de finanças do Flamengo, Rodrigo Tostes, não garantiu a renovação com a Adidas e revelou que o clube está realizando estudos para a criação de uma marca própria.

“Esse contrato ainda não foi encerrado, está em negociação pelo marketing. Os números do Flamengo são muito grandes, eram números “X” há dez anos quando esse contrato foi assinado, e são números bem significativos agora. Existe um entendimento do que o Flamengo se tornou por parte da Adidas, então eu não daria esse contrato por encerrado”, disse Tostes.

“Sobre a questão de marca própria, tem um grupo de trabalho aqui dentro estudando exatamente isso, chegaram a algumas conclusões, mas não a uma decisão final em relação à marca própria. Se vai ser uma marca própria, se vai continuar com a Adidas, se será híbrido… A avaliação que estamos fazendo com relação a marca própria é essa, se o momento é esse e qual o melhor momento para o modelo do Flamengo. Não é um clube que vende 100 camisas, vende milhões”, completou.

ACORDO ENTRE FLAMENGO E ADIDAS

Flamengo e Adidas iniciaram a parceria no ano de 2013, ainda na gestão de Eduardo Bandeira de Mello. O vínculo se entende por dez anos, ou seja, é válido até abril de 2023. No entanto, de acordo com o contrato, as partes precisam chegar a um novo acordo até 2022. Internamente, no entanto, o Rubro-Negro e a empresa de material esportivo já conversam para uma renovação.

SRN
Twitter: @pabloraphaelrua