Jornalista diz que volta do futebol bonito tirou fardo da torcida do Flamengo: “É isso que ela quer”

Vitor Birner comparou o Flamengo aos rivais diretos na briga pelo título e ponderou aspectos que demonstram a ‘felicidade’ dos jogadores.

Gabigol e Filipe Luís comemorando gol do Flamengo
Gabigol e Filipe Luís comemorando gol do Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

COLUNA DO FLA: No último domingo (18), o Flamengo deu um show dentro das quatro linhas e atropelou o Bahia no Estádio do Pituaçu, com uma goleada de 5 a 0 sobre os donos da casa. Em atuação de gala, o Mengo impressionou a torcida na estreia de Renato Gaúcho no Brasileirão, e mostrou que vai buscar o tricampeonato. O comentarista Victor Birner enalteceu a apresentação do Mais Querido, fez uma comparação com os rivais diretos na briga pelo título, e ponderou aspectos que demonstram a ‘felicidade’ dos jogadores com a vitória.

– A gente tem aí três times com bastante superioridade nos seus elencos, que são, desde o início da competição, que a gente apontava com os principais candidatos ao torneio. Eu acho o Palmeiras mais bem treinado, o Atlético (MG) tem mais jogadores que, individualmente, dividem mais jogos do que o Palmeiras, e o Flamengo, no último aspecto, é líder dos três. Quem vai ser campeão? Eu não sei. Eu sei que hoje eu vi uma atuação de uma equipe que está disposta, de fato, a ser campeã brasileira -, disse, antes de prosseguir:


– A gente pode apontar diversos aspectos para essa mudança. A volta dos jogadores principais é uma delas, mas eles jogaram outras vezes, não nesse campeonato, mas com os últimos 2 técnicos, e a gente não viu atuações assim. Com o Rogério, acho que a gente não viu nenhuma. Alegria dos jogadores é uma coisa impressionante. Pareciam leves em campo, felizes, satisfeitos em estar jogando junto com essa equipe. A troca de posse rápida, o perde-pressiona que a gente cobra há um ano, desde a saída do Jorge Jesus. Em alguns momentos era impossível fazer, mas está provado que já era possível de fazer um pouco antes de hoje, porque o Flamengo teve tempo para se preparar nessa temporada, dentro do que o futebol brasileiro permite -, concluiu.

Depois da goleada sobre o Bahia, o Flamengo muda de chave e se concentra no jogo decisivo contra o Defensa y Justicia, pela volta das oitavas de final da Libertadores. A partida será disputada na quarta-feira (21), no Mané Garrincha, e o Mengo precisa apenas de um empate para garantir a classificação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui