Para Sormani, Flamengo não irá aceitar que Renato poupe jogadores: “Tem um investimento gigantesco”

No Brasileirão, o treinador costumava priorizar as competições de mata-mata e colocar o “time reserva” no Brasileirão.

Gabigol e Renato Gaúcho em treino do Flamengo
Gabigol e Renato Gaúcho em treino do Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

DIÁRIO DO FLA: Renato Gaúcho tinha o hábito de poupar jogadores no Grêmio em determinadas competições. O treinador costumava priorizar as competições de mata-mata e colocar o “time reserva” no Brasileirão. Quando assumiu o Flamengo, uma das coisas mais discutidas na imprensa foi se ele faria isso no Flamengo também. O comentarista da ESPN, Sormani deu sua opinião.

“No Flamengo não tem essa conversa fiada de poupar jogador, colocar time reserva no Brasileirão. O Flamengo tem objetivos grandes, gigantescos pelo investimento. Não se compara os investimentos do Flamengo com os do Grêmio. Lá no Grêmio tinha essa “questão cultural” de ser copeiro, então lá o Renato podia fazer isso. O Flamengo está tentando buscar o tricampeonato e está certo. Do Brasileiro de 1971 pra cá, só o São Paulo conseguiu o tri. O Flamengo está buscando essa hegemonia”.

Ainda segundo Sormani, a partida de domingo (18), contra o Bahia, em Pituaçu, será importante porque vai ser uma oportunidade do Renato começar a ajustar o time de acordo com a sua filosofia de jogo.

“Contra o Bahia será a oportunidade do Renato começar a azeitar essa máquina que ele está construindo no Flamengo. É mais uma oportunidade de jogar com os titulares. Contra o Defensa y Justicia foi o primeiro teste e não deu para fazer nada. A equipe entrou em campo sem condições de fazer o que ele queria porque não tinha treinado, agora ele tem um pouquinho de treino e vai ter um jogo pra ter esse teste”, concluiu Sormani.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui