Pelaipe revela ligações de madrugada de Jorge Jesus para organizar treinamentos

Paulo Pelaipe, gerente de futebol do Rubro-Negro na época do técnico, fez algumas revelações sobre o trabalho com o ‘Mister’.

Técnico Jorge Jesus – Foto: Alexandre Vidal

DIÁRIO DO FLA: Multicampeão com o Flamengo nas temporadas de 2019 e 2020, o português Jorge Jesus deixou saudades no Mais Querido. Paulo Pelaipe, gerente de futebol do Rubro-Negro na época do técnico, fez algumas revelações sobre o trabalho com o ‘Mister’. De acordo com o ex-dirigente do Fla, o comandante o ligava às 2h da manhã para falar sobre treinamentos.

“Eu tive o privilégio de trabalhar no dia a dia com o Jorge Jesus, o Jorge Jesus não tinha dia, não tinha hora, era 1h30 da manhã, 2h da manhã, ele me ligava porque ele estava preparando o treinamento do dia seguinte, de algumas horas depois, e pedia ‘eu preciso de um lateral da base, preciso um atacante, vê amanhã para tal horário, isso e aquilo’”, disse Pelaipe, antes de emendar:

“Fazia pergunta no planejamento e ligava. Ele era uma pessoa que estava ligado, uma vez até perguntei para ele, eu disse ‘Mister, o senhor não dorme?’. Ele disse ‘não, estou cuidando do trabalho, vou dormir depois que eu montar todo o trabalho’. Então, realmente foi uma mudança de mentalidade que nós tivemos com esse profissional”, encerrou o ex-dirigente em entrevista ao jornalista Mauro Cezar Pereira, no programa ‘Dividida’, do ‘Uol Esporte’.

Jorge Jesus deixou o Flamengo na metade de 2020 rumo ao Benfica, onde segue até hoje. Pelo Rubro-Negro, o português conquistou uma Libertadores, um Campeonato Brasileiro, uma Supercopa do Brasil, um Campeonato Carioca e uma Recopa Sul-Americana.