Beccacece define Flamengo como o time “mais poderoso” da América

O técnico do Defensa y Justicia fez questão de exaltar o elenco rubro-negro, apesar de ter pregado confiança no plantel que tem à disposição.

Técnico Sebastián Beccacece
Técnico Sebastián Beccacece – Foto: Divulgação

COLUNA DO FLA: O Flamengo venceu a Chapecoense no último domingo (11), por 2 a 1, de virada, em jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Agora, o Mais Querido vira a chave e volta a atenção para o jogo desta quarta-feira (14), contra o Defensa y Justicia, pelas oitavas de final da Libertadores. Antes do confronto, o técnico do time argentino fez questão de exaltar o elenco rubro-negro, apesar de ter pregado confiança no plantel que tem à disposição.

Ao portal ‘Olé’, da Argentina, o técnico Sebastián Beccacece definiu o Flamengo como o time mais poderoso da América do Sul. Apesar disso, o comandante do Defensa y Justicia afirmou que a união de sua equipe pode ser um fator determinante para um resultado positivo aos argentinos.

— Vamos jogar contra o time mais poderoso da América do Sul. A edição que antecedeu a última Copa, foi o campeão. Ganharam o Brasileiro. Agora vão ter altos e baixos porque cinco ou seis jogadores estavam com as Seleções, mas todos estarão contra nós. É um desafio difícil, mas lindo. Vamos enfrentá-lo com a mentalidade de que é possível. A união coletiva às vezes esconde a diferença que pode haver no futebol ou nos clubes. Com essa união, o futebol equivale a tudo para competir, não tenho dúvidas -, disse, antes de completar: — Vamos nos agarrar ao sonho, àquela possibilidade de jogar primeiro no Varela e depois naquele mítico estádio (o Maracanã) que sediou a final da Copa América. Vamos lutar, porque realmente tenho um grupo de jogadores valentes que ousaram ser protagonistas, com respeito e humildade, com qualquer rival de plantão. Temos a convicção de que vamos lutar -, finalizou.

Cabe ressaltar que o duelo entre Defensa y Justicia x Flamengo acontecerá nesta quarta-feira (14), a partir das 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Norberto “Tito” Tomaghello, em Buenos Aires, na Argentina. O confronto será válido pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores da América e marcará a estreia de Renato Gaúcho como treinador rubro-negro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui