Diretoria do Flamengo vê retorno de Jorge Jesus como inviável

Ninguém no Flamengo acredita que ele deixasse o Benfica em meio a uma crise em que até o presidente foi preso.

Jorge Jesus e Marcos Braz comemorando título pelo Flamengo – Foto: Divulgação

BLOG DO RODRIGO MATTOS: A diretoria do Flamengo prevê um encontro com Renato Gaúcho ainda hoje (10) para tentar acertar sua contratação para substituir Rogério Ceni. As resistências na cúpula do clube foram superadas e ele é o nome escolhido. A principal questão a ser discutida é o tempo de contrato: o clube quer saber a pretensão do treinador.

Rogério Ceni foi demitido durante a madrugada em reunião com os responsáveis pelo departamento de futebol, Marcos Braz e Bruno Spindel. Os dois dirigentes foram a sua casa.

De manhã, Braz e Spindel já começaram a trabalhar com nomes para substitui-lo. Havia na mesa Renato e outro treinador que está empregado no Brasil. Uma indicação é de que essa outra opção seria Maurício Barbieri. Mas dirigentes se centraram em Renato.

Maior desejo da torcida, Jorge Jesus, técnico do Benfica, é visto como absolutamente inviável. Primeiro, há a questão do euro com cotação alta que tornaria extremamente cara sua contratação. Segundo, ninguém no Flamengo acredita que ele deixasse o Benfica em meio a uma crise em que até o presidente foi preso.

Entre os nomes nacionais, havia certa resistência a Renato na cúpula do clube pela recusa a uma proposta em 2018. Mas essa questão foi superada pela necessidade de ter um treinador urgente. A intenção do clube é fechar rapidamente um substituto, como infirmou o colunista Mauro Cezar. O história dos dirigentes rubro-negros é de resolver rápido a vacância.

A diretoria, no entanto, quer negociar a questão do tempo contratual. Até porque o mandato do presidente Rodolfo Landim, que é candidato a reeleição, vai até o final do ano. Esse será um tópico da conversa com Renato, além de obviamente valores de salários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui