Maurício Prado se revolta com Rogério Ceni por escalar Bruno Viana

Os comentaristas analisaram a situação de Rogério Ceni, cada vez mais contestado à frente do Flamengo.

Zagueiro Bruno Viana – Foto: Alexandre Vidal

UOL: A situação de Rogério Ceni está cada vez mais complicada no Flamengo. Nesta quarta-feira (7), o time carioca perdeu por 2 a 1 para o Atlético-MG, no Mineirão, pelo Brasileirão. Embora tenha enfrentado um adversário considerado como um dos favoritos ao título do campeonato, o treinador foi criticado pela escalação rubro-negra e pelas substituições no decorrer da partida.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte – com os jornalistas Vinícius Mesquita, Renato Maurício Prado, Marluci Martins e José Trajano – os comentaristas analisaram a situação de Rogério Ceni, cada vez mais contestado à frente do Flamengo. Eles foram unânimes ao apontar que a permanência do treinador no clube está por um fio.

Para Renato, Ceni já deveria ter deixado o cargo.

“Tem que ser ‘Fora, Ceni” para ontem. Cometeu erro que justificaria a demissão por justa causa. Simplesmente ele escalou um zagueiro que o Flamengo só não devolveu para o Braga por ruindade porque o Braga disse ‘vocês têm que ficar com ele até o fim do ano’. Esse cara, que fez três jogos com uma série de lambanças inacreditáveis e que ninguém mais lembrava que estava no elenco do Flamengo, chama-se Bruno Viana. Ele foi escalado como titular para enfrentar ninguém menos do que o Atlético-MG no Mineirão”, criticou.

A presença de Bruno Viana entre os titulares também causou estranheza em Marluci.

“Não sei de onde o Ceni tirou essa ideia da cartola em um jogo tão importante no qual ele precisava mostrar serviço. O Rogério está em uma fase ruim, muito questionado, e sai com um jogador que estava apavorado em campo”, analisou.

Renato apontou que as falhas de Ceni não ficaram apenas na escolha por Bruno Viana no time titular. “Com dez minutos de jogo, o Bruno Viana já tinha feito três lambanças fenomenais. Não satisfeito com isso, no intervalo, ele tirou o Bruno Viana, que não deveria nem ter sido escalado. Como pode um técnico que se intitula moderno, criativo, fazer uma coisa dessa? Botou o João Gomes na ponta direita, abriu o Pedro, fez uma lambança. No segundo tempo, concluiu a lambança voltando o Arão para a zaga. E por onde saíram os dois gols do Atlético-MG? Em cima do Arão”, avaliou o colunista.

Marluci destacou que o treinador precisa evitar novas falhas para continuar no cargo por mais tempo.

“Tão mal escalado, o Flamengo estava totalmente atabalhoado. Era o time correndo para lá e para cá. Estranhei mais uma vez a escalação do Ceni. Na semana que vem tem a Libertadores. Não sei se estará com o time completo, mas aí as cobranças serão muito rigorosas. Se ele continuar cometendo erros desse porte, não vai ter vida longa no Flamengo”, opinou.

Se dependesse de Renato, Rogério já teria perdido o emprego.

“O Flamengo não pode mais aturar o Rogério Ceni. Tem que mandá-lo embora ontem. Bastou o Rogério Ceni sair do home office que o Flamengo desandou. Existe um problema de relacionamento. Os jogadores não aguentam mais o Ceni. Faz tempo. O Arão não gosta do Rogério porque não gosta de jogar de zagueiro. Ele não se sente seguro e o Rogério o obriga. O Gabigo não gosta do Rogério. O Gerson não gostava. Os jogadores estão atuando sem tesão. Não tem esquema, não tem nada”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui