“O Rogério Ceni não combina com o Flamengo”, diz Trajano

José Trajano afirma que há uma incompatibilidade de Rogério Ceni com o Flamengo, pelo perfil do treinador.

Técnico Rogério Ceni reclamando – Foto: Alexandre Vidal

UOL: O Flamengo enfrenta hoje o Atlético-MG pelo Brasileirão com o técnico Rogério Ceni pressionado após a derrota para o Fluminense e em uma relação de idas e vindas com o torcedor rubro-negro, mesmo tendo conquistado o título brasileiro e passando por um momento no qual seu time tem uma série de desfalques devido à Copa América, além da perda de Gerson, vendido para o Olympique de Marselha.

Em sua participação no programa UOL News Esporte, com Domitila Becker, José Trajano afirma que há uma incompatibilidade de Rogério Ceni com o Flamengo, pelo perfil do treinador. Para o jornalista, a passagem de Ceni pelo clube da Gávea não deve ser duradoura, ainda que o jogo de hoje possa não ser decisivo para uma eventual saída.

“Eu sempre disse aqui que eu não sentia que combinava Rogério Ceni com o Flamengo, pelo estilo de ser do Rogério Ceni, o jeito do Rogério Ceni. O tempo foi passando e, apesar de algumas conquistas, eu também sinto que não há uma sintonia. A torcida não gosta, o jeitão dele nas entrevistas, o jeito que ele substitui, os jogadores se rebelando contra ele e chutando copinho d’água para cá, saindo chateado na hora em que é substituído, então eu nunca senti uma estreita combinação entre Rogério Ceni e Flamengo”, diz Trajano.

“Agora que tudo está acontecendo, pelo que a gente lê, a gente ouve, a situação ficou pior. É uma relação conturbada, mas o que eu estou sentindo não é conturbada assim ao extremo, mas é um fio que está para se romper a qualquer momento. E o Flamengo pega o Atlético-MG, que é um time também que tem altos e baixos, mas é um grande time, é um candidato ao título. Uma derrota hoje, que é bem possível, pode abalar Bangu, no caso abalar Rogério Ceni. Eu tenho uma impressão que a vida do ex-treinador do Fortaleza, do grande ídolo são-paulino, não vai ser longa no Flamengo”, completa.

Trajano cita que há alguns fatores que prejudicam o trabalho de Ceni no Flamengo, como os desfalques de jogadores importantes como Gabigol e Arrascaeta, este de volta hoje após a eliminação uruguaia na Copa América, mas considera que esta situação seria melhor tolerada com outro treinador, o que não acontece com o ex-goleiro.

“Qualquer outro treinador teria sido desculpado pelas ausências que o Flamengo tem, os desfalques, mas o problema é o Rogério Ceni, não combina, é como o cara botar uma roupa que não combina com ele, a manga fica mais comprida, a calça fica mais larga, não dá. O Rogério Ceni não combina com o Flamengo, ele não entendeu o Flamengo e o Flamengo não entendeu o Rogério Ceni, por isso eu acho que vai ter vida curta lá dirigindo o Flamengo”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui