Zico participa do revezamento da tocha olímpica em Kashima, no Japão

A história do ex-jogador do Flamengo com o Japão é longa, ele foi um dos responsáveis pela introdução do esporte no país, além de treinar a seleção nacional.

Zico carregando a tocha olímpica no Japão
Zico carregando a tocha olímpica no Japão – Foto: Divulgação

O DIA: As Olimpíadas de Tóquio 2020 já começaram. A tocha olímpica está correndo pelo Japão e neste domingo, sábado à noite no Brasil, foi vez da cidade Kashima recebê-la. Zico, que é tão ídolo no país oriental quanto é em território tupiniquim, participou do revezamento que terminará no Estádio Olímpico de Tóquio em 23 de julho, quando será a cerimônia de abertura da competição.

Zico jogou em Kashima de 1991 a 1994 e atualmente é diretor técnico do clube da cidade, o Kashima Antlers. A cidade receberá o futebol nas olimpíadas e será palco de uma das semifinais da competição masculina.

A história do Galinho com o Japão é longa, ele foi um dos responsáveis pela introdução do esporte no país, além de treinar a seleção nacional entre 2002 e 2006.

Em postagem nas redes sociais, Zico agradeceu a oportunidade e relembrou o fato de ter sido deixado de lado nas olimpíadas de 2016, sediado no Rio.

“Um dia inesquecível em minha vida. Muitas coisas aconteceram em minha vida quando chegava Olimpíadas. Quase parei de jogar futebol por causa de ter sido cortado, não pelo corte em si porque todo técnico precisa ter liberdade para convocação, mas por já cedo ter dúvida em confiar na palavra das pessoas. Depois no meu País e na minha cidade terem me negado essa oportunidade de carregar a Tocha Olímpica. Hoje realizei meu sonho de participar de uma Olimpíada. Agradeço o Kashima Antlers, a cidade de Kashima e ao Japão por terem me dado essa oportunidade. Fiquei emocionado e posso dizer que tranquilamente considero encerrado meu ciclo esportivo que Deus me proporcionou. Corri junto com jogadores com quem joguei, Honda, e dirigi tanto no Kashima como na Seleção Japonesa, Nakata Koji, Takayuki Suzuki e Narahashi, que tão bem representaram o Kashima Antlers. Fica aqui meu agradecimento a todos que me enviaram mensagens de carinho e ao povo japonês pelo respeito e gratidão a minha dedicação ao desenvolvimento do futebol japonês”, escreveu o galinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui