Rodrigo Muniz aceita proposta e Al Nasr negocia valor final junto ao Flamengo

Rodrigo Muniz com troféu de campeão Carioca 2021 pelo Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

O DIA: POR VENÊ CASAGRANDE

O Rodrigo Muniz está a um passo de deixar o Flamengo. Os representantes do jogador chegaram a um acordo com o Al Nasr, e o time dos Emirados Árabes encaminhou a contratação do atacante do Flamengo. Agora, os representantes do clube conversam com o Rubro-Negro para que haja acordo no valor da venda.

O Flamengo quer receber 5 milhões de dólares, 25 milhões de reais, por 40 a 50% dos direitos econômicos de Rodrigo Muniz. O Rubro-Negro, inclusive, já chegou a um acordo com o Desportivo Brasil para ficar com uma parte maior do valor, pois o time paulista também é dono de direitos econômicos do atacante.

Nas últimas horas, o Al Nasr deu a última cartada para contratar Rodrigo Muniz e ofereceu ao jogador contrato de três anos, salário de 4,5 milhões de dólares livre de impostos, cerca de 23 milhões de reais, bonificação de 5 mil dólares a cada gol e/ou assistência, além de casa e carro pagos pelo time. O jogador avisou aos seus representantes que quer atuar pelo time dos Emirados Árabes.

Os representantes, pensando em uma venda futura, exigiram que o Al Nasr colocasse um valor de rescisão contratual dentro da realidade de um clube europeu: 15 milhões de euros. Como Rodrigo Muniz é jovem (20 anos atualmente), os agentes acreditam que, caso ele faça bons jogos no Mundo Árabe, times europeus podem se interessar por ele.

O Atlético de Madrid, outro clube que estava na briga, comunicou que não irá aumentar as ofertas de compra ou salariais e tirou o time de campo. O Al Nasr, inclusive, colocou um funcionário do clube para conversar com Rodrigo Muniz. A pessoa escolhida pelo clube é brasileira e apresentou ao atacante do Flamengo o projeto do time, como estrutura de trabalho, a vida nos Emirados Árabes, o fasto de ter tradutor para facilitar na adaptação e deu exemplos de jogadores que atuaram no Mundo Árabe e depois foram vendidos para times europeus.

A estratégia deu certo, e Rodrigo Muniz está disposto a desfilar o bom futebol nos Emirados Árabes, onde chegará com status de contratação de peso, com direito a sheik o recepcionando.

Enquanto isso, Rodrigo Muniz, focado do jeito que é, continua com a mesma postura no dia a dia: treinando bem e se destacando nos jogos. Na vitória sobre o Cuiabá, o camisa 43 entrou no segundo tempo e deu assistência para o gol de Thiago Maia.

Com contrato até 2024, Rodrigo Muniz não teve valorização salarial e tem multa rescisória para o mercado interno baixa: “apenas” 42 milhões de reais. O Flamengo e os empresários chegaram a negociar uma renovação no começo do ano, mas não teve acordo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui