Jornalistas veem como positiva possível venda de Rodrigo Muniz ao Atlético de Madrid: “Negócio dos sonhos”

Gustavo Zupak chegou a questionar se o centroavante jogaria na equipe espanhola, mas fez questão de deixar claro para o Flamengo é uma boa.

Matheuzinho e Rodrigo Muniz no Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

DIÁRIO DO FLA: O nome do atacante Rodrigo Muniz vem sendo especulado nesta semana, em um possível interesse do Atlético de Madrid, da Espanha. A joia da base Rubro-Negra está se destacando nos profissionais desde o Campeonato Carioca, após convocação dos donos da posição, Gabigol e Pedro. As boas atuações chamaram a atenção de alguns clubes europeus, um deles foi o Atlético, de Simeone. André Kfouri e Gustavo Zupak falaram sobre o assunto, na ESPN, nesta terça-feira e declararam que a negociação seria benéfica para o Flamengo.

“Eu acho que esse é um negócio dos sonhos. Se o Flamengo pudesse determinar como seriam as negociações, certamente desenharia uma hipótese que o Rodrigo Muniz receberia uma proposta ótima do exterior tanto para o clube, quanto para o atleta. O jogador muito provavelmente quer aceitar a situação de jogar no futebol espanhol. Faria com que o clube lucrasse, não é um dinheiro desprezível, muito pelo contrário, e não causaria um problema em termo de administração de elenco. É evidente que é bom ter o Rodrigo Muniz, ele tem se mostrado eficiente nas ausência dos jogadores convocados, mas que não teria espaço no time titular se não fossem essas situações todas”, disse André Kfouri no programa Sportscenter.

Já o Gustavo Zupak chegou a questionar se o centroavante jogaria na equipe espanhola, mas fez questão de deixar claro que a negociação é boa para o Flamengo.

“A multa é 50 milhões de euros, mas é evidente que a negociação não seria por esse valor, certamente é uma proposta à baixo da multa. Estamos falando de um atleta que está em um patamar de proposta menor. O Flamengo chegou a recusar uma proposta de 5 milhões de euros do Genk, da Bélgica. É uma grande aposta, talvez o clube espanhol esteja olhando para o atleta em um projeto a longo prazo, para talvez substituir o Diego Costa. O Muniz ainda é desconhecido, ele chegaria ao clube e seria emprestado e posteriormente caso vingasse, retornaria e seria jogador do clube, talvez seja essa a visão do Atlético de Madrid, comandado pro Simeone”, disse Zupak que ainda emendou sua linha de racionínio:

“Será que hoje ele segura jogar uma primeira divisão espanhola? Essa é a minha dúvida. Sem a receita de bilheteria, o clube precisa de outras receitas, e se tiver a oportunidade de vender sua terceira opção para fazer dinheiro, melhor ainda. Bom pro Flamengo, bom para o Rodrigo Muniz e também para o Atlético que está interessado no jogador”, concluiu o jornalista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui