Antigo desejo do Flamengo, Marcelo Díaz está livre no mercado

O volante e também zagueiro reaparece livre no mercado. No entanto, não há informações de que o chileno esteja em pauta no Mais Querido.

Marcelo Díaz deixou o Avellaneda – Foto: Divulgação

URUBU INTERATIVO: Marcelo Díaz já teve seu nome especulado no Fla em 2016, e agora o volante que estava no Racing está livre no mercado. O veterano de 34 anos, e com passagem pela seleção chilena, não acertou a renovação com o clube de Avellaneda.

Após a saída de Gerson para o Olympique, o Flamengo deve voltar a olhar o mercado em busca de um substituto. Nesse sentido, Marcos Braz, Vice Presidente de Futebol, afirmou que o rubro-negro busca reforços do meio para frente. Assim, na América do Sul, alguns nomes começam a surgir. Dessa vez, volante e também zagueiro, o chileno Marcelo Díaz reaparece livre no mercado. No entanto, não há informações de o nome do jogador esteja na pauta do Mais Querido.

Bi Campeão da Copa América com o Chile em 2015 e 2016, Díaz também marcou sua passagem no Racing, assim como no River Plate. No clube do Rio da Prata foi vice da Libertadores para o Flamengo em 2019, enquanto em Avellaneda venceu o campeonato Argentino no ano anterior. Anteriormente, o volante havia se destacado naquela Universidade do Chile de Sampaoli, que eliminou o Flamengo em 2010 da Liberta. Por isso, foi jogar no Basel da Suíça, e depois teve passagens pelo futebol alemão e espanhol.

Em dezembro de 2015, em seguida, entrando no ano seguinte, o Fla através do Diretor Executivo da época Rodrigo Caetano, tentou a contratação de Díaz. Na época com 29 anos, o volante estava no Hamburgo da Alemanha, e ganhou campanha da torcida no Twitter, que criou a tag #VemDíaz. Porém, a negociação fracassou e Marcelo Díaz seguiu para o Celta de Vigo da Espanha.

Atualmente com a venda de Gerson para o futebol francês, o Flamengo possui 4 volantes no elenco. São eles Thiago Maia, João Gomes, Hugo Moura e Piris da Motta. Além deles, ainda tem William Arão, mas que vem jogando como zagueiro. Diego Ribas, meia de criação também joga mais recuado. No entanto, Rogério Ceni afirmou que o Mais Querido precisa repor a saída do Coringa, e que necessita de dois bons jogadores para ficar mais competitivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui