“Com a minha venda, eu pude ajudar o Flamengo”, diz Gerson

O jogador comentou sua despedida do Flamengo e se emocionou ao falar sobre o adeus. Ou melhor, um "até logo", como o próprio descreveu.

Gerson chorando em despedida do Flamengo – Foto: Reprodução

O DIA: O volante Gerson não é mais jogador do Flamengo. Agora, de maneira oficial, ele deixa o clube carioca para vestir a camisa do Olympique de Marselha. Após o jogo de despedida, nesta quarta-feira contra o Fortaleza, o jogador comentou a saída do Rubro-Negro e se emocionou ao falar sobre o adeus. Ou melhor, um “até logo”, como o próprio descreveu.

“É o clube que torço desde criança. No Flamengo, você não vai só trabalhar. É uma família. Só tenho que agradecer a todos do Flamengo. Agora eu voltei a ser torcedor. Espero que um dia eu possa voltar e todo mundo me receba de braços abertos. Não é questão de ser irrecusável (oferta). Estamos vivendo momentos muito difíceis. O clube estava muito bem estruturado, mas pandemia deu uma balançada. Com a minha venda, pude ajudar o Flamengo”.

Gerson chegou ao Flamengo no meio de 2019, disputou 109 partidas, conquistou títulos importantes, como dois Brasileiros, Recopa, Libertadores, Supercopa, e foi vendido por 20 milhões de euros, cerca de 120 milhões de reais pela cotação atual.

O Rubro-Negro receberá 20 milhões de euros, cerca de 120 milhões de reais pela cotação atual, que serão pagos da seguinte forma: 11 milhões de euros à vista e 9 milhões de euros parcelados até 2023. Gerson terá metas em contrato que podem fazer o Flamengo faturar mais 5 milhões de euros. Além disso, o time carioca tem direito a 20% de uma futura venda.