Rogério Ceni garante incentivo aos jogadores do Flamengo para treinarem faltas

Este é um dos fatores que a torcida mais reclama do time, já que o Rubro-Negro não marca um tento dessa maneira há mais de três anos.

Rogério Ceni e Diego no Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

TNT SPORTS: O Flamengo lida com a saída de Gerson, um de seus principais jogadores, presente nos principais títulos dos últimos anos, em que o Flamengo viveu fase vencedora. Desde 2019 na equipe, o volante deixa a Gávea para ir para a França, onde irá defender as cores do Olympique de Marselha. Prestes a perder o jogador, o técnico Rogério Ceni deu entrevista à Fla TV e rasgou elogios ao atleta. Veja:

“Gerson é tão bom que consegue se destacar em qualquer posição que você coloque ele. Ele é um jogador muito acima da média. Uma pena que o torcedor do Flamengo não possa mais ver o Gerson vestindo a camisa do Flamengo”

Dito isso, o treinador disse ainda sobre a possibilidade de transmitir o último treino de Gerson no clube, na próxima terça-feira (22). O ex-goleiro acha boa a ideia de mostrar os últimos momentos de um dos ídolos contemporâneos da torcida no clube.

“Na terça, quem sabe, a gente pode liberar imagens da atividade para o torcedor ver Gerson. Será o último treino dele, mas quem sabe a gente não organiza isso para o torcedor se despedir do Gerson. Último treino dele pelo Flamengo”, idealizou o técnico.

Com a saída de Gerson, o Flamengo irá precisar repor a saída com um jogador à altura. Uma boa opção pode ser Thiago Maia, volante que esteve lesionado durante oito meses no clube. Ele já vem treinando com bola e passando pela última fase de sua recuperação. Rogério Ceni falou sobre quando o jogador deve retornar aos gramados.

“Estamos programados para segunda-feira fazer 30 minutos de treino para que a gente possa fazer uma avaliação. Há uma chance de ser relacionado para quarta-feira (contra Fortaleza)”.

Ídolo do São Paulo, o atual técnico rubro-negro se destacou em sua carreira como jogador não só por ser um goleiro fantástico, como também por fazer gols de falta, um dos fatores que a torcida mais reclama do time, já que o Rubro-Negro não marca um tento dessa maneira há mais de três anos. O último foi marcado por Diego, na vitória de 2 a 0 sobre o Paraná, no Maracanã, em junho de 2018, pelo Brasileirão. Veja o que o técnico falou sobre o assunto:

“A repetição é o que leva à perfeição. Eu batia 100 faltas por dia e chegava no jogo, uma bola entrava. Então, por que em três anos o time não fez gol de falta? Eu só estou aqui há seis meses. Queria lembrar isso. Estou sempre incentivando.”

O próximo jogo do Flamengo acontece no próximo sábado (19), às 21h (de Brasília), no Estádio do Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, e o adversário é o Red Bull Bragantino, que vem de duas vitórias e dois empates nesse início de competição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui