Flamengo perde processo contra Kleber Leite

Agora, o Flamengo terá de pagar as despesas, tanto processuais quanto de honorários advocatícios de R$ 15 mil.

Kleber Leite, ex-presidente do Flamengo – Foto: Divulgação

DIÁRIO DO FLA: Na última quinta-feira (17), o Flamengo foi condenado a pagar as despesas do ex-presidente Kleber Leite. Em 1996, o Rubro-Negro pegou um empréstimo no valor de R$ 6 milhões para a contratação do atacante Edmundo. Como moeda de troca, o Consórcio Plaza arrendaria o espaço da sede na Gávea por 25 anos para que fosse construído um shopping.

Acabou que a ideia não foi para a frente e foi parar na Justiça do Rio. Na ocasião, a dívida de R$ 6 milhões foi crescendo e se multiplicou por mais de 10 vezes. De acordo com a juíza Adriana Sucena Monteiro Jara Moura, responsável pelo caso, como o ex-presidente não pagou, a dívida foi para o clube.

“O autor, ao sair da presidência do clube réu, teve suas contas aprovadas, de forma unânime, não tendo sido objeto de impugnação em qualquer órgão administrativo ou judicial”, destacou a magistrada.

Além disso, afirmou que “quando os sócios de uma sociedade aprovam sem ressalvas as contas e demonstrações financeiras apresentadas pelos representantes da administração, o principal objetivo e efeito é a exoneração de responsabilidade dos membros da administração em relação aos atos praticados dentro de suas competências e durante o exercício social abrangido por tal aprovação, sem que tenha havido ação prévia e específica destinada a anular aquele disposição, mediante alegação e demonstração de vício de consentimento”.

Agora, o Flamengo terá de pagar despesas, tanto processuais quanto de honorários advocatícios de R$ 15 mil, que ainda “deverão ser monetariamente corrigidos e acrescidos de juros moratórios de 1% ao mês a partir da data do trânsito em julgado”.

Até o momento, o clube ainda não se manifestou sobre o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui