Rodrigo Bueno diz que “já passou da hora” de Tite definir dupla Gabigol e Neymar na Seleção

O comentarista afirmou que já passou da hora dos dois começarem atuando juntos como titulares.

Gabigol e Neymar comemorando gol pela Seleção Brasileira – Foto: Divulgação

DIÁRIO DO FLA: O Brasil venceu na noite deste domingo a Venezuela por 3×0 pela primeira rodada da Copa América. O centroavante Gabigol entrou em campo durante o segundo tempo e com passe de Neymar, marcou o terceiro gol da seleção. O jogador quebrou jejum importante para o Fla. A boa atuação da dupla causou euforia nas redes sociais. O comentarista Rodrigo Bueno, durante o ‘Sportscenter’ desta segunda-feira, afirmou que já passou da hora dos dois começarem atuando juntos como titulares.

“Já passou da hora. Eu não vou defender aqui Neymar e Gabigol porque o Brasil ganhou de 3×0 da Venezuela dizimada por covid. Eu já defendia antes e acho que o Tite é um cara conservador demais. Ele gosta do Gabriel Jesus, gosta do Richarlison, deixa os dois espetados nas pontas, coloca Neymar e Gabigol no meio. Ou se quiser ainda, recua um pouco o Neymar como camisa 10 no lugar do Paquetá. Joga com o Casemiro e recua um armador para ser volante como o Flamengo tantas vezes joga. O Diego virou. Então, acho que o Tite precisa, o Gabigol e o Neymar para mim são obrigatórios. O Neymar é o maior craque do Brasil já há uma década pelo menos e o Gabigol é o principal atacante do nosso país. Então, para mim não dá. Não colocar Neymar e Gabigol juntos na seleção desde o início como titulares é um pecado, é um erro”, afirmou Rodrigo Bueno durante o ‘Sportscenter’.

Após gol na estreia da Copa América, Tite não garantiu Gabigol como titular. O Brasil volta a campo pela competição na próxima quinta-feira (17), onde encara o Peru as 21h no estádio Nilton Santos (Engenhão).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui