“A reivindicação do Flamengo nada mais é do que aquilo que quase toda imprensa pede”, lembra Mauro

Para Mauro Cezar, outros clubes deveriam repetir o Flamengo e também tomar a iniciativa de confrontar a CBF.

Gabigol comemorando gol pela Seleção Brasileira – Foto: Divulgação

UOL: Mauro Cezar elogiou o pedido do Flamengo, que defende a paralisação do Campeonato Brasileiro durante a Copa América por conta dos desfalques provocados pelo torneio. No quadro “Fala, Maurão”, o colunista do UOL Esporte afirma que o simples de um clube peitar a CBF já é algo a ser destacado. Ele ressalta, porém, que considera improvável que o pedido seja acatado.

“O mais importante disso tudo é o clube questionando a CBF e o seu calendário, porque tudo isso acontece em função da CBF com seu calendário, a não ser que a CBF não tivesse sintonia com a Conmebol, mas tem, tanto que a Copa América acabou vindo para o Brasil quando a Argentina pulou fora. A Conmebol e a CBF andam juntas, e o calendário feito pela CBF impede que os clubes contem com seus jogadores que custam milhões quando convocados para servir as seleções dos países que disputam a Copa América. Isso é absolutamente absurdo”, diz.

“Muitos de nós até já nos acostumamos, de certa forma, com essa rotina bizarra em que os campeonatos não são interrompidos porque o calendário é inchado, e é inchado porque existem estaduais muito longos, e continuam longos porque a CBF não quer bater de frente com as federações estaduais, que formam o colégio eleitoral da CBF. Tudo é muito claro, e os cubes pagam a conta”, acrescenta.

Para Mauro Cezar, outros clubes deveriam repetir o Flamengo e também tomar a iniciativa de confrontar a CBF.

“Mas, em geral, os clubes são subservientes à CBF. Quando um deles, caso do Flamengo, resolve recorrer, isso é positivo. Mas pouco provável que seja acatado. Mas só o fato de o clube reagir, é um ponto positivo, um clube questionando o calendário. Outros deveriam fazer o mesmo, para que, um dia, alguém tente mudar minimamente essa situação ridícula”, analisa. “A reivindicação do Flamengo nada mais é do que aquilo que, praticamente, quase toda imprensa pede, que é parar o campeonato no momento em que a seleção é convocada”, completa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui