Gabigol descarta ir à Curitiba, e Flamengo avalia punição

Os responsáveis pela gestão de carreira de Gabigol confirmaram que ele não viaja para Curitiba e informaram que os exames foram enviados para o Flamengo.

Gabigol treinando na Seleção Brasileira – Foto: Lucas Figueiredo

GLOBO ESPORTE: Por Cahê Mota

Gabriel não vai se apresentar ao Flamengo em Curitiba. Apesar da orientação do clube, o atacante segue fazendo valer o diagnóstico da CBF, que indica edema muscular na coxa direita, e permanece em São Paulo em tratamento visando a Copa América. O clube rubro-negro aguarda o desenrolar do dia, mas, ciente do posicionamento do jogador, avalia uma punição.

Desde o início da quarta-feira, antes mesmo da divulgação do exame realizado pela CBF, Gabriel entrou em contato com o Flamengo informando que não teria condição de se apresentar. O clube, por sua vez, soltou nota discordando do diagnóstico do departamento médico da Seleção e exigiu a apresentação na capital paranaense, aguardada para a noite de quarta-feira, o que não aconteceu.

Em contato com o ge, os responsáveis pela gestão de carreira de Gabigol enviaram comunicado confirmando que ele não viaja para Curitiba e informando que os exames foram enviados para o Flamengo.

“Os departamentos médico do Flamengo e CBF compartilharam os exames e diagnósticos em relação à lesão do Gabi, que apontou um edema muscular. Com isso, o departamento médico do Flamengo vetou o Gabriel para a partida contra o Coritiba, decisão tomada no fim do dia de ontem (09).

O atacante se prontificou a realizar exames em São Paulo, evitando uma viagem para Curitiba, uma vez que chegou de madrugada do Paraguai após jogo pelas Eliminatórias. Com a decisão, ele segue em tratamento e se apresentará amanhã à Seleção Brasileira, data marcada a todos os convocados para a Copa América”