Flamengo completa 3 anos sem marcar um gol de falta

Há 1096 dias, o Mais Querido não sabe o que é marcar um gol de falta. A última vez que o feito aconteceu foi na partida contra o Paraná, em 2018.

Foto: Divulgação

COLUNA DO FLA: Nesta quinta-feira (10), o Flamengo estreia na Copa do Brasil, contra o Coritiba. O duelo é válido pelo jogo de ida da terceira fase da competição e está marcado às 19h (horário de Brasília), no estádio Couto Pereira. Neste confronto, o Rubro-Negro entra em campo podendo romper um tabu que já dura três anos e assombra a Nação.

Há 1096 dias, o Mais Querido não sabe o que é marcar um gol de falta. A última vez que o feito aconteceu foi na partida contra o Paraná, em 2018. Na época, o Flamengo venceu por 2 a 0, com gols de Felipe Vizeu e de Diego Ribas. O capitão, por sua vez, foi o autor do golaço de falta, ou seja, a última cobrança rubro-negra que balançou as redes.

Para quebrar o jejum de três anos, Diego Ribas se mantém como uma das opções do time. Isso porque, assim como em 2018, o camisa 10 é considerado o batedor oficial. No entanto, além dele, o Fla tem outros atletas que tentam quebrar o tabu. Em campo nesta noite, Vitinho, Willian Arão e Everton Ribeiro são outros jogadores que podem assumir a responsabilidade das cobranças.

Entre todos os clubes da Série A de 2021, o Mais Querido é quem sustenta o maior tempo jejum. Logo na sequência, aparece o Corinthians, que não balança as redes em uma cobrança de falta desde agosto de 2018. Vale destacar que, com a contratação de Rogério Ceni para o comando do time, o Rubro-Negro acreditou que o tabu poderia ser quebrado com mais facilidade. Isso porque, o ex-goleiro foi um dos maiores cobradores de falta do futebol brasileiro: 62 tentos entre os 131 que marcou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui