Flamengo não tem um jogador que marque gol pela Seleção Brasileira desde 2011

Gabigol comemorando gol em treino da Seleção Brasileira – Foto: Lucas Figueiredo

COLUNA DO FLA: O Flamengo conta com a ausência de dez atletas convocados por Seleções. Sendo assim, um jejum pode ser quebrado nesta sexta-feira (04). O Rubro-Negro pode voltar a ter um jogador marcando gol pelo Brasil. Gabriel Barbosa é o responsável por, quem sabe, colocar fim à escrita que dura desde Ronaldinho Gaúcho.

O último jogador convocado do Flamengo a marcar pela Seleção Brasileira foi Ronaldinho Gaúcho, em novembro de 2011, em amistoso contra o México. Naquela ocasião, o então camisa 10 rubro-negro balançou as redes após cobrança de falta, na vitória por 2 a 1 do Canarinho. Dessa vez, Gabigol é a grande esperança para pôr fim ao tabu.

O centroavante do Flamengo vem treinando como titular na Seleção Brasileira, revezando com Gabriel Jesus. Tite, no entanto, tem dado sinais de que irá utilizar Gabigol desde o início contra o Equador, às 21h30 (horário de Brasília) desta sexta-feira (04). O embate é válido pela sétima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

Gabigol soma cinco partidas pela Seleção Brasileira principal, sendo apenas uma defendendo o Flamengo, no amistoso contra a Nigéria, em 2019, quando jogou por 28 minutos – entrou no segundo tempo. Nas outras quatro partidas, o atacante ainda pertencia ao Santos e marcou dois gols pelo Canarinho: um na Copa América, contra o Haiti, outro diante do Panamá, em amistoso.

Nesta sexta-feira (04), Gabriel Barbosa terá a oportunidade de voltar a balançar as redes pelo Brasil. O outro jogo das Eliminatórias acontece na terça-feira (08), contra o Paraguai, no Defensores Del Chaco, também às 21h30 (horário de Brasília). Para o duelo com o Equador, Everton Ribeiro é dúvida, pois ainda não treinou normalmente com o restante do elenco, por conta de dores na coxa. Rodrigo Caio, por sua vez, deve ser reserva.