Arrascaeta contesta realização da Copa América: “Não é o momento indicado para jogar”

A realização da Copa América tem gerado revolta devido ao momento da pandemia da Covid-19 e também pela tentativa de trazer o torneio ao Brasil – que ainda encara problemas relacionados a vacina, por exemplo. Apesar disso, os jogadores já estão se apresentando às respectivas seleções para realização das Eliminatórias. Na chegada em Montevidéu, o meia De Arrascaeta se posicionou contra o acontecimento da competição.

O mundo está vivendo, a dificuldade que estamos vivendo atualmente, poucos países têm condições. Eu acho que agora não é o momento indicado para jogar. Mas nós não podemos fazer nada -, disse Arrascaeta a mídia esportiva local.

Além do atleta do Flamengo, o lateral-esquerdo Matias Viña, companheiro de Arrascaeta na Seleção do Uruguai, também falou sobre os compromissos agendados no período Data FIFA: “Pessoalmente, por tudo o que está passando a pandemia, acho que não se deveria jogar. Mas se acham que deve, vamos jogar”, disse ao programa “La Ora Deportiva”.

Recentemente, o craque Luis Suárez foi outro uruguaio a se mostrar contrário à realização da Copa América neste mês de junho: “Estamos em uma situação difícil a nível mundial, chama atenção que se jogue nessa realidade, mas no momento temos que enfrentar isso da melhor maneira possível e não pensar na pandemia”.

O compromisso do Uruguai é na próxima quinta-feira (03), contra o Paraguai, no Estádio Centenário, em Montevidéu. Na sequência, cinco dias depois, a Seleção encara a Colômbia, no Metropolitano Barranquilla, como visitante.

Fonte: Coluna do Fla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui