Anota, Freguês! Flamengo supera o Palmeiras e vence na estreia do Brasileirão

Por: Paula Mattos

Flamengo e Palmeiras entraram em campo neste domingo (30), às 16h (horário de Brasília), no Maracanã, para dar início aos trabalhos pelo Campeonato Brasileiro. Atual bicampeão da competição, o Mais Querido foi em busca da primeira vitória no torneio para começar o Brasileirão com o pé direito.

O JOGO:

O jogo começou bem pegado e picotado, com muitas faltas marcadas pela arbitragem. Na truncada partida, o Flamengo teve a primeira boa chance aos 11 minutos. Arrascaeta deu uma bola espetacular para Pedro, que entrou para finalizar, mas parou em excelente defesa de Weverton.

O Palmeiras, que chegava bem principalmente pelo lado direito, teve uma chance fantástica aos 17. Rapahel Veiga lançou Rony, que cruzou para Luiz Adriano chutar. Diego Alves, SENSACIONAL, tirou a bola com os pés e salvou o que seria o primeiro gol do jogo.

Metade da primeira etapa foi marcada por um jogo bem amarrado, com uma boa oportunidade para cada lado, mas muitas faltas.

Aos 24, o Flamengo teve uma boa jogada trabalhada. Gerson roubou a bola no meio de campo, Arrasceta lançou para Bruno Henrique, que dominou e devolveu para o uruguaio chutar, mas a bola do camisa 14 foi defendida por Weverton. No lance seguinte, o Alviverde respondeu e chegou bem ao ataque, mas parou em boa defesa de Diego Alves.

Pouco depois, aos 29, o Palmeiras conseguiu superar a defesa rubro-negra e estufou as redes de Diego Alves, mas o gol foi anulado por impedimento.

Em partida muito picotada, marcada por um enorme número de faltas, o Alviverde voltou a chegar com perigo e, aos 36, Diego Alves precisou ser SENSACIONAL. Rony disparou no ataque, ganhou de Gerson e chutou com endereço certo, mas o arqueiro rubro-negro se agigantou e salvou o tento.

Aos 45 minutos, Pedro perdeu uma grande chance de levar o Flamengo com vantagem para o intervalo. Gerson roubou a bola de Luiz Adriano e passou para Everton Ribeiro, que entregou para o camisa 21 finalizar cruzado, mas o chute foi para fora.

O primeiro tempo foi marcado por 23 faltas em 45 minutos. Praticamente não houve jogo. Um número exacerbado de faltas e uma atuação muito questionada da arbitragem, que picotou todo o duelo.

Sem alterações para os segundo tempo, o Flamengo teve a primeira chance aos 27 segundos. Arrascaeta deu uma bola linda para Bruno Henrique, que finalizou por cima do gol de Weverton. Pouco depois, o camisa 27 voltou a ter grande oportunidade e mandou uma bomba rumo ao gol adversário. A bola quicou e quase complicou a vida de Weverton, que estava atento para defender.

Os primeiros 10 minutos o Mais Querido na etapa final foram melhores do que todo o primeiro tempo. O Rubro-Negro ajustou algumas carências e aproveitou a posse de bola para encontrar espaços e criar melhores jogadas. Aos 10, Arrascaeta girou bonito e chutou para o gol, mas parou no paredão montado pelo goleiro adversário.

Na reposta, o Palmeiras chegou com muito perigo e Diego Alves foi GIGANTE para impedir o gol. Luan lançou Rony, que chutou e parou na defesa do camisa 1 do Flamengo. No rebote, Viña tocou para o gol que estava quase vazio, mas Diego, mais uma vez, foi sensacional e se esticou todo para salvar o Rubro-Negro.

Aos 18 minutos, pênalti claro em cima de Bruno Henrique, mas a arbitragem assinalou falta de Pedro. Atuação lamentável de Daronco e companhia.

Pouco depois, uma confusão total na área do Alviverde e um incrível gol perdido pelo Mais Querido. Arrascaeta cobrou falta, Rodrigo Caio finalizou de cabeça e Weverton defendeu. No rebote, Arão, caído, tentou chutar, mas o arqueiro salvou. INACREDITÁVEL o gol perdido pelo Mais Querido.

Aos 29 minutos, GOL DO FLAMENGO! Bruno Henrique ligou o turbo e comandou a jogada pela esquerda, deixando dois marcadores na saudade. Na linha de fundo, o camisa 27 cruzou para Pedro, que só precisou estufar as redes. Faz a reverência! Mengo 1 x 0.

Na sequência, a primeira alteração de Ceni, que tirou Everton Ribeiro para a entrada de Vitinho, que participou de boa oportunidade do Flamengo logo após entrar em campo. Rodrigo Caio comandou a jogada e trabalhou com Bruno Henrique. O atacante entregou para Arrascaeta, que dominou e deixou para Vitinho finalizar, mas o chute foi fraco e facilitou a vida do goleiro Alviverde.

Aos 41, substituição dupla de Rogério Ceni, que tirou Arrasceta e Diego para as entradas de Michael e Hugo Moura. Com cinco minutos de acréscimo, Ceni voltou a mexer aos 46, e colocou Rodrigo Muniz no lugar de Pedro. Aos 47, Rony levou susto ao Flamengo e quase empatou, mas a partida terminou com vitória rubro-negra.

Fim de papo no Maracanã. Após ruim atuação do Flamengo no primeiro tempo, o time se reencontrou na segunda etapa e conseguiu o resultado. Mesmo com um pênalti claro não marcado, o Mais Querido bateu o Palmeiras e iniciou, com o pé direito, a trajetória rumo ao tri.

Fonte: Coluna do Fla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui