Jornalista aponta ‘dedo podre’ em ideias de Ceni após terceiro empate do Fla na Libertadores

O empate em 0 a 0 do Flamengo contra o Vélez frustrou a torcida rubro-negra. Com desfalques importantes, o Mais Querido não apresentou o volume de outros confrontos, mas terminou com o objetivo final concluído (o primeiro lugar do Grupo G). Apesar disso, os jornalistas Renato Mauricio Prado e Alice Klein detonaram a atuação do Rubro-Negro e, principalmente, o técnico Rogério Ceni.

Em conversa no programa ‘Fim de Papo’, do UOL Esporte, os comentaristas concordaram em um aspecto predominante: a falta de ideias de Ceni. Para Renato e Alice, o treinador rubro-negro não possui um padrão de jogo estabelecido e, quando tenta algo diferente, erra. Além disso, apontaram outro comandante que atua no futebol brasileiro como exemplo a ser seguido pelo técnico do Flamengo.

O que a gente sente é que o Flamengo não tem dedo do técnico. Quando tem, é o dedo podre. Na defesa, por exemplo, que demora até os 35 do segundo tempo para fazer uma modificação. Apesar do time que tem, do elenco poderoso, esse Flamengo está difícil de acreditar que o Rogerio vai continuar ganhando título com ele – disse, antes de passar a palavra para Alice:

Não consigo entender bem qual é o estilo dele. Está claro que o time tem problema no setor defensivo. O Rogério poderia aprender algumas coisas sobre defesa com o Hernán Crespo – completou.

Apesar das críticas, Ceni segue firme no comando do Mais Querido e, com três títulos no bolso, vai em busca de novas glórias. Dessa forma, o Flamengo estreia no Brasileirão contra o Palmeiras neste domingo (30), no Maracanã. A partida acontecerá às 16h (horário de Brasília) e contará com transmissão do Coluna do Fla traz a transmissão mais rubro-negra da internet, no YouTube.

Fonte: Coluna do Fla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui