Diego Alves revela ajustes defensivos para Flamengo não sofrer gol contra o Vélez

O empate em 0 a 0 com o Vélez na noite desta quinta-feira (27), pela última rodada da fase de grupos da Libertadores, foi apenas o terceiro compromisso do time principal sem ser vazado na temporada 2021. Há, contudo, outra semelhança entre os três jogos: em todos, Diego Alves era o goleiro titular.

Após se recuperar de uma fibrose na coxa, o goleiro retornou aos gramados no empate em 0 a 0 com o Vélez, que garantiu classificação às oitavas de final da Libertadores na primeira colocação do grupo G. Na coletiva pós-jogo, o goleiro falou sobre o mérito de não ser vazado na partida.

Para não sofrer gol, você tem que saber defender. A gente tenta sempre pressionar os adversários na frente, encontramos um rival que vinha bem de trás, tentamos diminuir os espaços. Vélez é um time que conseguiu da pressão e às vezes criava algum tipo de dificuldade. Vamos encontrar times assim. Você não consegue pressionar 90 minutos na frente. Antigamente se cobrava não tomar gol. Hoje não tomamos, é um passo a mais para corrigirmos os erros. Ganhar queremos ganhar sempre, mas acho que hoje tem que dar ênfase em não tomar gol contra um grande time como o Vélez -, opinou.

Diego Alves não atuava pelo Mais Querido desde o dia 04 de maio, contra LDU, em Quito, quando foi substituído por Hugo Souza ainda no intervalo da partida. À época, o goleiro alegou sentir um desconforto muscular. Na sequência, a fibrose na coxa foi revelada pelo departamento médico do clube.

Recuperado, Diego Alves deve ir a campo no próximo compromisso do Flamengo: domingo (30), às 16h (horário de Brasília), estreia do Campeonato Brasileiro. Defensor do título, o Mais Querido reencontra o Palmeiras, no Maracanã. Vale lembrar que as equipes decidiram o título da Supercopa do Brasil em abril deste ano.

Fonte: Coluna do Fla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui