Único reforço para 2021, Bruno Viana perde espaço com Rogério Ceni no Flamengo

O Flamengo montou um elenco bastante qualificado, mas ainda não conseguiu suprir a venda de Pablo Marí ao Arsenal (ING), no início de 2020. Desde então, o Rubro-Negro contratou Gustavo Henrique e Léo Pereira para a última temporada, que oscilaram e não agradaram os dirigentes. Por isso, o Fla trouxe apenas um reforço para 2021: o zagueiro Bruno Viana. O defensor, no entanto, não agradou Rogério Ceni e perdeu espaço.

Bruno Viana oscilou bastante nas últimas partidas, mas não só isso. Durante os treinamentos, o zagueiro tem demonstrado certa ‘displicência‘, e Rogério Ceni comentou com a comissão técnica o fato de o jogador não estar correspondendo às expectativas. Por isso, o atleta sequer foi testado no time titular para o jogo desta quinta-feira (27), contra o Vélez Sarsfield, às 21h (horário de Brasília). As informações foram divulgadas pelo canal Venê Casagrande, no Youtube.

+ Rogério Ceni pode fechar fase de grupos invicto na Libertadores

Para o duelo contra o Vélez, pela Libertadores da América, no Maracanã, Rogério Ceni não poderá contar com Willian Arão, titular absoluto na zaga do Flamengo. O treinador utilizou Gustavo Henrique no primeiro momento da atividade de quarta-feira (26) e depois colocou Léo Pereira ao lado de Rodrigo Caio. Bruno Viana sequer chegou a ser testado, demonstrando o descontentamento com a postura do atleta, tanto nos jogos quanto nos treinos.

Vale lembrar o fato de Rogério Ceni não ter pedido Bruno Viana. O treinador apenas foi comunicado pela diretoria da chegada do defensor, que ainda não caiu nas graças da torcida e tampouco do comandante. O vínculo do jogador é por empréstimo, até dezembro deste ano, e ele pertence ao Braga, de Portugal, donos dos direitos econômicos do zagueiro de 26 anos.

Fonte: Coluna do Fla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui