Goleiro Bruno é barrado ao tentar entrar na Gávea, Sede do Flamengo

Bruno condenado há 20 anos de prisão pelo assassinato da Modelo Eliza Samudio esteve há pouco na Gávea. O ex-goleiro quis entrar na sede do Clube mas foi barrado pelos seguranças por não estar de máscara.

O jornalista Vêne Casagrande deu mais detalhes sobre o ocorrido por meio da sua conta no Twitter. De acordo com relatos de pessoas que estavam no local, Bruno foi ver um jogo do Fla contra o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro Feminino.

Bruno defendeu o Flamengo entre 2006 e 2010, até ter sido preso acusado de participação na morte da modelo Eliza Samúdio, com quem teve um filho. Em 2013, o goleiro foi condenado a uma pena de 22 anos e 3 meses de prisão.

Através de habeas corpus, conseguiu deixar a prisão e em 2017 defendeu o Boa Esporte. O goleiro também passou por Poços de Caldas, Rio Branco-PR e Araguacema. Neste mês, o goleiro foi contratado pelo Atlético Carioca para a disputa da Série C do Campeonato Carioca.

Fonte: DIÁRIO DO FLA