Mauro não vê ‘obrigação’ do Flamengo em vencer o Fluminense: “Seria prepotência”

Mauro Cezar Pereira afirma que o Flamengo é favorito devido ao elenco que tem, mas não se pode falar em obrigação do título.

UOL: Vencedor das últimas duas edições do Campeonato Carioca, o Flamengo volta a decidir o título este ano em busca do tricampeonato, que seria o seu sexto na história da competição, e assim como na edição de 2020, a definição do título será contra o Fluminense, no Fla-Flu, clássico que acontece nos próximos dois sábados no Maracanã.

No podcast Posse de Bola #124, Mauro Cezar Pereira afirma que o Flamengo é favorito devido ao elenco que tem, o time montado há mais tempo e dominante nas últimas edições do estadual, mas não se pode falar em obrigação do título por ter do outro lado um rival histórico e que passa por um bom momento sob o comando de Roger Machado.

“Historicamente é o sexto tri se acontecer, então tem uma importância histórica, claro. Eu acho que chamar de obrigação em um confronto com o Fluminense é uma falta de respeito com o Fluminense, o Fluminense ganhou do Flamengo duas vezes esse ano, ganhou em janeiro, no começo do ano no Brasileiro, ainda com o Marcão como técnico, e o Flamengo jogando com o time de garotos, de reservas, perdeu também para o Fluminense por 1 a 0 no Campeonato Carioca lá no começo”, diz Mauro Cezar.

“O Fla-Flu tem uma característica muito especial, é muito comum o mais fraco vencer, acho que mais do que em outros clássicos, acontece muita coisa diferente no Fla-Flu e acho que falar que é uma obrigação ganhar do Fluminense, um time que joga a Libertadores, seria de uma prepotência muito grande. O Flamengo é favorito e ganhar o campeonato seria cumprir aquilo que se espera de um elenco que é o mais forte do Rio de Janeiro, disparado o mais forte do Rio de Janeiro e um dos mais fortes do Brasil, se não for o mais forte”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui