Mais um pra conta! Flamengo bate o Volta Redonda e conquista a Taça Guanabara

Em jogo bastante movimentado, o Flamengo derrotou o Volta Redonda por 2 a 1, no Maracanã, neste sábado (24). Com tento de Michael e golaço de Vitinho, o Mais Querido conquistou o 23º título da Taça Guanabara, como também garantiu a vantagem do empate na semifinal do Carioca.

COMO FOI O JOGO

Buscando fazer valer o favoritismo no Maracanã, o Flamengo assumiu o controle das ações do jogo desde o início. Com apenas um minuto, o Mais Querido quase marcou em cobrança de escanteio. Após bate-rebate na grande área, a bola resvalou no zagueiro adversário, e passou perto do gol.

Com maior posse de bola, o time de Ceni ocupou o campo ofensivo e manteve o jogo movimentado. Entre alguns escanteios sucessivos e um chute de Michael de fora da área, o Flamengo não levou muito perigo nos primeiros dez minutos. O Volta Redonda, por sua vez, tentava escapar nos contra-ataques, mas esbarrava nos desarmes certeiros da defesa rubro-negra.

Aos 17 minutos, o juiz apontou falta na entrada da área do Volta Redonda, e o Flamengo teve a oportunidade de quebrar o jejum de praticamente três anos e abrir o placar. No entanto, Vitinho acabou colocando a bola para fora. Pouco depois, após erro na saída de bola do Fla, o adversário armou contra-ataque e finalizou ao gol rubro-negro pela primeira vez na partida, mas parou em boa defesa de Diego Alves.

Na parte final do primeiro tempo o Flamengo cresceu no jogo e passou a levar mais perigo no ataque. Aos 34, em furada do goleiro Andrey, a bola passou perto do gol, e o Rubro-Negro quase abriu o placar. Na sequência, Gabigol voltou a aparecer no jogo e teve duas oportunidades de finalizar, umas delas em chute fora da área, que passou perto da trave.

Nos minutos finais do primeiro tempo, a pressão no ataque surtiu efeito, e o Flamengo abriu o placar. Aos 42, após rebatida da defesa adversária, Gustavo Henrique pegou a sobra e, em bela assistência, encontrou Michael dentro da área. O atacante avançou sozinho em velocidade e estufou as redes no Maracanã.

Contudo, a vantagem rubro-negra pouco durou. Precisando do empate para buscar o título da Taça Guanabara, o Volta Redonda partiu ao ataque e, dois minutos depois, igualou o placar. Em bate-rebate na pequena área, após cobrança de escanteio, Bruno Barra finalizou e empatou o duelo, antes do juiz apitar e as equipes voltarem para os vestiários.

Na volta dos vestiários, a equipe do Volta Redonda mudou a postura em campo e procurou ocupar mais o ataque, mesmo com o título nas mãos. Contudo, quem chegou com perigo foi o Flamengo. Aos sete minutos, Gabigol recebeu dentro da área e, em chute cruzado, exigiu ótima defesa do goleiro Andrey, que colocou a bola para a linha de fundo. Aos 10, o camisa 9 teve outra oportunidade, mas acabou furando.

Aos 16, o Mengão encontrou o espaço necessário para finalizar e voltar a liderar o marcador. Em boa arrancada pelo meio, o lateral Matheuzinho carregou a bola e entregou para Vitinho. Sozinho na entrada da área, o camisa 11 apenas ajeitou e mandou uma ‘bomba’ no ângulo superior da baliza, sem chances para o goleiro.

Aos 19, o Volta Redonda chegou com perigo e quase deixou tudo igual novamente. De fora da área, João Carlos ajeitou a bola com carinho e finalizou perto da trave de Diego Alves. Depois disso, o Flamengo voltou a dominar as ações em campo e ficou mais perto de ampliar o placar. Em boa tabela, Vitinho e Gabigol quase marcaram, mas o lance acabou anulado por impedimento.

Com a vitória encaminhada, aos 30 minutos, Rogério Ceni promoveu mudanças no time, já pensando no compromisso pela Copa Libertadores, na terça-feira (27). Assim, o técnico tirou Gabigol, Gerson e Vitinho, que deram lugar para Diego Ribas, Arrascaeta e Bruno Henrique.

Dominante em campo, o Flamengo conseguiu administrar bem o resultado nos minutos finais da partida. Mesmo com o Rubro-Negro na frente do placar, a tônica da partida não mudou, e o Mengo manteve a postura ofensiva, pressionando o Volta Redonda em seu campo de defesa. Com leve pressão no ataque, o time do Sul Fluminense não conseguiu furar o bloqueio rubro-negro, e o Mais Querido garantiu a vitória e o título da Taça Guanabara.

Retirado de: Coluna do Fla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui