“O Flamengo deu muitos motivos para empolgar”, diz jornalista sobre vitória na Libertadores

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

O Flamengo virou a chave da Libertadores, mas a vitória sobre o Vélez, por 3 a 2, segue viva no presente rubro-negro. O debate, porém, não tem sido só sobre os três pontos conquistados na Argentina, mas também em torno do – ainda – muito criticado Rogério Ceni. Para o jornalista Cahê Mota, o torcedor está invertendo a ordem das coisas, visto que há mais pontos positivos do que negativos pela postura do time rubro-negro na última terça-feira (20).

– O Flamengo jogou contra o líder argentino, teve 57% de posse de bola e 13 finalizações contra 10 do Vélez. Se impôs fora de casa. A gente tem que entender que o Flamengo não vai vencer partidas desse nível sem sofrer finalizações e sem ser castigado. Enquanto a gente parar para tratar qualquer pancada como problema muito grave, a gente vai inverter a ordem das coisas.

E concluiu: “tem mais pontos positivos (contra o Vélez), principalmente na postura, claro que com ajustes a serem feitos, do que negativos. Flamengo deu muito mais motivos para empolgar do que o contrário”.

O empate em 2 a 2 entre Unión La Calera e LDU fechou a primeira rodada do grupo G da Libertadores. Assim, o Flamengo, com três pontos conquistados, é líder isolado da chave. Já o Vélez, por sua vez, foi a única equipe entre as quatro que não pontuou.

O próximo compromisso pelo torneio continental está marcado para terça-feira (27), contra o Unión La Calera, no Maracanã, às 19h15 (horário de Brasília). O confronto entre LDU e Vélez, no Estádio Casa Blanca, acontecerá no mesmo dia.

Retirado de: Coluna do fla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui