Fla faz descontão e aceita receber menos para vender meio-campista

Os dirigentes flamenguistas seguem trabalhando para gerar receita no clube e mais negociações para vender atletas irão acontecer

FOTO: DIVULGAÇÃO

Flamengo joga na noite desta quinta-feira (15) mais uma partida do Campeonato Carioca. O Rubro-Negro enfrenta o Vasco no clássico dos milhões e a meta é continuar a assustadores série invicta sobre o Cruz-Maltino. O clube de São Januário não vence o Mengão desde 24 de abril de 2016 e a Nação quer que esse tabu seja mantido.

Fora de campo, a diretoria flamenguista segue trabalhando para negociar jogadores que não estão nos planos e, assim, abrir espaço ainda mais no orçamento para fazer contratações pedidas pelo técnico Rogério Ceni. O Vice-presidente de relações externas do Flamengo, BAP, participou de uma live no canal do jornalista Venê Casagrande e revelou uma novidade sobre o mercado da bola.

Segundo o dirigente, já existe uma negociação com o Gençlerbirligi-TUR para vender Piris da Motta por um valor menor do que está estabelecido na opção de compra. Quando as partes fecharam um empréstimo, ficou acordado que, caso o volante fosse negociado de forma definitiva, os valores girariam em torno de 3,5 milhões de euros (R$ 23,8 milhões na cotação atual).

No entanto, o clube turco não tem esse montante e o Fla deve dá um ‘descontão’ na transação para liberar o meio-campista de forma definitiva. Piris está indo muito bem no futebol local, atrai interesses de outros clubes, mas o Gençlerbirligi já está negociando com o Rubro-Negro para comprá-lo. A tendência é que as partes cheguem a um consenso muito em breve.

O vice-presidente de futebol, Marcos Braz, sabe da importância de conseguir bater a meta orçamentária para o clube caminhar a passos largos para obter uma hegemonia no futebol brasileiro e, quem sabe, no continente sul-americano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui