Com moral no Fla, Arrascaeta abre o jogo sobre Europa e sai em defesa de Matías Viña, do Palmeiras: “Aqui se critica muito”

Considerado um dos jogadores mais importantes do atual elenco, meio-campista falou sobre a obsessão por atuar na Europa e defendeu o conterrâneo após receber elogios recentemente

Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Desde os mais jovens até os mais experientes, a ambição em jogar por um clube europeu é um dos grandes objetivos de jogadores que atuam o Brasil. Ao ser questionado sobre o assunto, o meia Giorgian De Arrascaera, considerado peça-chave de Ceni no Flamengo, não escondeu que esse ponto também passa pela sua cabeça.

Porém, aos 26 anos, no entanto, afirma que isso não é uma obsessão. Se mostrando completamente realizado, o camisa 14 desfruta da idolatria da maior torcida do Brasil e trata de curtir o momento. Com sete troféus conquistados até o momento, garante não viver essa pressão por uma afirmação no Velho Continente.

“Cada pessoa tem a liberdade de falar o que quiser, sei do meu potencial e do meu trabalho. Estou num grande clube do Brasil. Certamente há jogadores que querem jogar em um grande time da Europa. Quando era mais novo, tinha mais ambição sobre isso. Estou num grande da América e do mundo, em um grande momento. O que a gente tem feito até aqui é sinônimo de grandeza”, disse o jogador ao “UOL Esporte“.

Pela Supercopa do Brasil, que será disputada no próximo domingo (11), o craque irá encontrar o compatriota Matías Viña, que causou controvérsia ao eleger o parceiro de seleção celeste como o melhor jogador em atividade no país. O uruguaio aponta exagero nas críticas ao companheiro e garante que retribuiria a gentileza.

Aqui se critica muito se um cara elogia um ou outro jogador, mas é uma opinião pessoal e normal, fico feliz pelo que ele falou. Tento dar o melhor para o meu time. Se tiver que elogiar um companheiro de outro time, vou fazer, pois a gente tem de fazer o que sente”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui