Em meio a indefinições, Rafinha afirma que não vai sair mais do Rio de Janeiro

FLAZOEIRO: Rian Moreira

O elenco principal do Flamengo retornou aos treinos nesta segunda. A diretoria rubro-negra já planeja novas contratações para a temporada de 2021 e o Rafinha é um dos jogadores que está em negociação com o clube, o jogador já garantiu que aceitou a proposta e só aguarda o Mais Querido.

Em entrevista ao canal Diz Aí Bêça, no youtube, o lateral-direito disse que apesar de nascer em Londrina-PR não sairia mais do Rio de Janeiro.

“Hoje eu posso falar que não vou sair mais do Rio de Janeiro, criamos essa raiz. Eu e a minha mulher não saímos mais, nossa base é aqui.”

O antigo camisa 13 do Fla também revelou ser superticioso.

“Todo jogo eu vou com a mesma cueca, o mesmo tênis, o fone e a meia tudo igual.”

No Brasileirão de 2019, o lateral direito Rafinha teve um momento bem delicado na sua carreira que foi quando quebrou osso zigomático na partida contra o Athletico Paranaense. O atleta teve que passar por uma cirurgia, depois de três dias já foi liberado pelo cirugião para treinar, porém teria que usar um capacete.  O jogador revelou que teve que conversou com o zagueiro David Luiz e sua mãe para tentar conseguir o acessório de proteção. O goleiro Petr Cech foi quem ajudou o Rafa.

Rafa também falou sobre a possibilidade de volta do Jorge Jesus ao Flamengo.

“Eu prefiro não falar sobre isso, porque tem gente com mais poder que é a diretoria do Flamengo. É um treinador que eu tenho muito carinho. Assim como eu tenho pelo Rogério Ceni também que como jogador foi vitorioso e provou no Fortaleza que é um treinador muito bom. E agora pegou o Flamengo foi campeão brasileiro. O Flamengo tá em boas mãos, o restante cabe a diretoria falar.”

Rafinha foi peça importantíssima nos títulos da temporada de 2019 e 2020, com belas atuações e sendo considerado o melhor da posição no Brasil, o que fez a nação rubro-negra chegar a considerar como ídolo. Pelo Fla, conquistou: Libertadores e o Brasileirão em 2019, a Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana e Campeonato Carioca, em 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui