Como Flamengo recusou Marinho, hoje o melhor jogador da América

O atacante esperou a proposta do Flamengo que nunca chegou, e o Santos acabou aceitando a oferta do Grêmio: David Braz, mais R$ 2 milhões.

COSME RIMOLI: “Fala, rapaziada! Tem que agitar para eu chegar lá (para o Flamengo). Pode ir ao Grêmio pedir um empréstimo que irei na hora.”

O dia era 15 de dezembro de 2018. Marinho estava com um amigo em uma piscina e gravou a mensagem em vídeo (assista logo abaixo). Rodolfo Landim havia assumido a presidência do Flamengo três dias antes, 12 de dezembro. Só que Landim e o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, tinham uma lista de jogadores que queriam contratar. A começar pela dupla Arrascaeta e Gabigol.

Os dois não levaram a sério a postura do atacante por um motivo muito simples: Ele estava em péssima fase no Grêmio, havia disputado 16 partidas e marcado um gol só. A imprensa gaúcha criticou muito a diretoria gremista pela contratação. O clube havia pago R$ 8 milhões para tirá-lo do Changchun Yatai. O jogador esperou a proposta da Gávea que nunca chegou, e o Santos acabou aceitando a oferta gremista, que propôs trocar Marinho pelo zagueiro David Braz, com o clube paulista pagando mais R$ 2 milhões.

A negociação foi anunciada no dia 25 de maio de 2019. Hoje, dia 10 de março de 2021, Marinho foi anunciado como o Rei das Américas, na temporada 2020. O melhor jogador do continente sul-americano, em uma eleição feita por 400 jornalistas esportivos. O resultado sai no jornal uruguaio El País. Ele já havia sido o melhor jogador da Libertadores.

A multa contratual de Marinho no Santos é de 15 milhões de euros, cerca de R$ 104 milhões. O Flamengo o teve nas mãos, para a desilusão do atacante que revelou no ano passado que o sonho de seu pai era vê-lo jogando com a camisa rubro-negra.

“O Flamengo sempre foi um sonho do meu pai. Tive algumas oportunidades, mas nunca dependeu só de mim. Tive essa chance depois de sair do Vitória. É o sonho dele me ver jogar no Flamengo, mas nem sempre dá para realizar o sonho das pessoas. Pode ser no fim da carreira, talvez uma despedida…”

Marinho fará 31 anos em maio. Empresários importantes do futebol brasileiro tentam articular uma negociação envolvendo Marinho na janela do meio do ano. O sonho dele é a Europa, mas o do Santos é algum clube chegar o mais próximo possível da multa de 15 milhões de euros. Que, para angústia de Marinho, não será o Flamengo. O sonho ‘do seu pai’ não acontecerá, de novo…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui