R$ 576 milhões entram em jogo e Landim busca acordo com meio-campista; Fla deseja ficar protegido de clubes da Europa

O Presidente flamenguista quer manter a equipe competitiva para ter maiores condições de continuar vencendo finais e levantando troféus

O Flamengo é um dos clubes mais bem estruturados do futebol brasileiro. A gestão Bandeira de Mello foi muito boa para reorganizar o clube, mas pecou muito no futebol. Não podemos dizer o mesmo do Landim, que conseguiu grandes feitos dentro e fora de campo, apesar de algumas declarações inoportunas e medidas que não vão de acordo com alguns torcedores.

Com um timaço mantido por três temporadas seguidas, o Rubro-Negro ainda é o grande favorito para conquistar mais títulos. Já foram sete nos últimos anos. Para isso acontecer, será necessário manter os pilares da equipe e, por isso, os cartolas já se mexem para ampliar o contrato de Gerson, o Coringa do Mengão.

Foto: Alexandre Vidal

A ideia da cúpula do presidente Rodolfo Landim é subir a multa rescisória de 70 milhões para 85 milhões de euros (cerca de R$ 576 milhões na cotação atual). O vínculo do jogador é válido até dezembro de 2023 e o objetivo é estender por mais um ano. As conversas serão iniciadas e o camisa 8 tem um projeto de continuar no Fla pelo sonho de disputar a próxima Copa do Mundo, em 2022.

No entanto, o Flamengo também faz isso para se proteger do assédio da Europa. Vários times do Velho Continente sondaram a situação do craque e seguem monitorando. O mais novo interessado é o Olympique Marseille, do técnico Jorge Sampaoli. O Flamengo não quer perder o jogador assim tão fácil e já se mexe para ficar mais ‘protegido’ no contrato.

Gerson só quer sair do Flamengo para o exterior se for para um time capaz de brigar por títulos. Ele já teve uma experiência na Roma e Fiorentina, que serviram de aprendizado, mas não foi considerado muito bom esportivamente, já que ele era pouco falado para ser convocado pela seleção e ficou ‘escondido’ na Itália.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui