Na coletiva, técnico Maurício Souza destaca evolução da equipe e revela: “Cobrei muito isso deles”

Em noite inspirada do atacante Rodrigo Muniz, o Flamengo venceu o Macaé pelo placar de 2 a 0, no Maracanã, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Carioca 2021. 

Após a partida, o técnico Maurício Souza concedeu coletiva e respondeu às perguntas dos jornalistas.

Sobre a garotada da base ter feito jogadas bem trabalhadas:

Eu acho que os anos comprovam isso. A base do Flamengo é uma base vencedora que conseguem trazer resultados positivos ao clube. A gente teve uma gama de ataques combinados que me deixou muito satisfeito.”

Sobre o Michael:

“O Michael é um profissional sensacional. Ele já chegou colocando todo mundo pra cima. Quer muito recuperar o espaço dele.”

Sobre a equipe ter criado mais chancer e o que foi determinante:

“Eu acho que o que foi determinante foi a gente não estar tão nervoso quanto no primeiro jogo. Apesar dessa equipe ser mais pesada fisicamente isso reforça o quanto a gente jogou bem.

Sobre Matheusinho e Ramon:

“Eu creio que eles estão dentro do tempo de desenvolvimento. Vejo dois jogadores que tem tudo para ter um futuro brilhante. Jogadores modernos e dedicados.”

Sobre o que destacar de evolução na equipe:

“Eu acho que a gente conseguiu definir mais a jogada. No jogo contra o nova Iguaçu a gente circulou mas faltou definir mais as jogadas. Cobrei muito isso deles.”

Sobre Natan e Noga:

“São dois baita jogadores, extremamente profissionais que estão buscando o espaço deles. Jogadores concentrados que entendem a responsabilidade de vestir a camisa do Flamengo.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui