“Sonho de família sendo realizado”, diz Gabriel Barros sobre estreia pelo Flamengo

Emocionado com as realizações, o atacante falou sobre como se sentiu e qual filme passou pela sua cabeça no caminho para o estádio.

Gabriel Reis, do Flamengo – Foto: Paula Reis

LANCE: A estreia do Flamengo no Campeonato Carioca foi recheada de caras novas. Uma delas era o atacante Gabriel Barros, que entrou no segundo tempo da vitória por 1 a 0 sobre o Nova Iguaçu, na última terça-feira, e realizou dois sonhos de uma vez só: estrear como profissional e atuar no Maracanã. Emocionado com as realizações, o jovem falou sobre como se sentiu e qual filme passou pela sua cabeça no caminho para o estádio.

– Foi uma sensação única, um sonho meu e da minha família sendo realizado. Principalmente meu pai, que sempre esteve comigo nos momentos mais difíceis. Devo isso muito a ele. Passou um filme pela cabeça por estrear no profissional do Flamengo. Foi uma grande realização. Sei que é só o início desse sonho, ainda faço parte do grupo sub-20, mas ter essa sensação já foi maravilhoso – disse o jogador, antes de completar ressaltando a estreia no Maracanã:

– Foi emocionante. Senti um frio na barriga, fiquei imaginando se estivesse lotado, fiquei muito emocionado porque foi a realização de um sonho de moleque que se tornou realidade. Eu ainda não tinha jogado no Maracanã, mas tinha certeza que um dia estaria lá.

O próximo desafio do Flamengo na competição será diante do Macaé, neste sábado, às 18h, novamente no Maracanã, pela 2ª rodada da Taça Guanabara, e a equipe continuará sob o comando de Maurício Souza, mas já será reforçada por alguns jogadores que fazem parte do elenco principal e retornam da folga após o título brasileiro – como Michael e Pepê.

– É muito legal receber essa oportunidade e ter a chance de atuar como profissional, viver aquele ambiente. O Maurício nos conhece bem do sub-20 e sabe que todos podem ajudar o Flamengo nesse momento. Temos que continuar fazendo bem o nosso trabalho na base para quando a equipe de cima precisar, estarmos preparados – finalizou Barros, de 19 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui