Diego e Everton Ribeiro podem bater recorde de títulos Brasileiros na carreira

A dupla do Flamengo chegou a quatro taças do torneio nacional e ficou muito perto do recorde. Dagoberto, Andrade e Zinho têm cinco títulos.

GLOBO ESPORTE: A conquista do Campeonato Brasileiro pelo Flamengo teve um sabor ainda mais especial para Diego e Everton Ribeiro. A dupla chegou a quatro taças do torneio nacional e ficou muito perto do recorde.

Dagoberto tem cinco títulos, mesmo número de dois ex-rubro-negros, Andrade e Zinho, levando em conta a Copa União de 1987. Os três são os maiores campeões brasileiros da história.

Pelo Flamengo, foi a segunda conquista de Diego e Everton Ribeiro, campeões também em 2019.

Para Diego, há outro componente curioso: seu primeiro título brasileiro aconteceu justamente no Morumbi, em 2002, pelo Santos, contra o Corinthians – o meia tinha 17 anos na época. Em 2004, ele participou do início da vitoriosa campanha do Peixe e se transferiu para o Porto antes do fim do campeonato.

Diego começou o Brasileiro de 2020 no banco de reservas, mas na reta final teve boas atuações e assumiu a condição de titular ao lado de Gerson.

– Tem que ser assim, um sofrimento, uma entrega muito grande. Principalmente nos últimos jogos, jogamos no limite mental e físico. E a verdade é que esse título é muito merecido, por tudo que nós fizemos. E alcançar o topo é onde esse time merece estar. Esse título fala muito do caráter desse time. É um time vencedor. Estamos muito felizes. Agora é comemorar. A última vez que o Flamengo foi bicampeão foi na década de 80. Voltamos agora a repetir este fato tão difícil, então, é celebrar – disse Diego após o apito final da partida.

Everton Ribeiro, por sua vez, ganhou outros dois títulos com o Cruzeiro, em 2013 e 2014. Nos dois anos ele foi eleito o craque da competição. Na atual edição, ele chegou a passar por um momento ruim, mas se recuperou na reta final com boas exibições e ajudou na arrancada final do Flamengo.

Ao fim do jogo, o jogador não escondeu a emoção pelo tetra.

– É uma temporada muito difícil, muito diferente com essa pandemia. Tivemos que parar, troca de treinadores… Mas nosso grupo nunca desistiu. Quando o Rogério chegou tivemos as desclassificações. Foi um período muito difícil. Mas falamos para ele, depois do jogo da Libertadores, que tínhamos o compromisso de lutar até o final pelo Brasileirão, que iríamos sair campeões. E, hoje, graças a Deus, deu tudo certo. Até o último minuto sofrendo. Tentamos a vitória, não conseguimos. Mas o importante é concluir com o título, é o que fica marcado na história. Flamengo, pode comemorar que o Brasileiro é nosso – declarou Everton Ribeiro.

Outro que aumenta seus números, mas em outra função, é Rogério Ceni. Como goleiro do São Paulo, ele foi campeão brasileiro três vezes, em 2006, 2007 e 2008. Agora conquista seu primeiro título nacional de elite na função de treinador – ele também venceu a Série B em 2018, com o Fortaleza.

Veja a lista dos jogadores com mais títulos do Brasileirão:
Dagoberto – 5 títulos
Andrade – 5 títulos
Zinho – 5 títulos
Diego Ribas – 4 títulos
Everton Ribeiro – 4 títulos
Edu Dracena – 4 títulos
Willian Bigode – 4 títulos
Jean – 4 títulos
Zico – 4 títulos
Amaral – 4 títulos
Antônio Carlos – 4 títulos
Borges – 4 títulos
Danilo – 4 títulos
Junior – 4 títulos
Mauro Galvão – 4 títulos
Emerson Sheik – 4 títulos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui