Torcedor do Inter se arrepende e não injetará mais dinheiro no São Paulo

Elusmar Maggi afirmou que estava no "calor do momento" e disse que o São Paulo é grande demais para precisar de "incentivos."

Segue muito quente o noticiário da 38ª rodada do Brasileirão nos bastidores. O agropecuarista empresário Elusmar Maggi, torcedor que doou R$1 milhão para o Internacional ter Rodinei em campo contra o Flamengo, desistiu de injetar dinheiro no São Paulo.

Em nota oficial divulgada pelo próprio empresário, Elusmar Maggi disse que acabou falando sobre ajudar financeiramente o tricolor pauslita “no calor do momento”, poucas horas depois da derrota do Inter para o Flamengo no Maracanã por 2 a1 neste domingo (21).

Elusmar Maggi disse que sua atitude não seria “ético, aceitável nem necessário” pois o São Paulo “não precisara de qualquer incentivo para tentar a vitória”. Este torcedor do Internacional é sócio proprietário do Grupo Bom Futuro.

Primo do ex-ministro da Agricultura, Blairo Maggi, este torcedor já havia feito uma aparição pública ao entregar o troféu de melhor jogador da partida para Nico López no joog Internacional x Nacional-URU, na última participação do clube na Libertadores.

Curiosamente, o torcedor recuou nesta proposta poucas horas após Rodrigo Abranches (vice-geral do Flamengo) afirmar que entraria com queixa criminal na polícia e no Ministério Público contra as atitudes de Elusmar Maggi, conhecido por ser um dos maiores produtores de soja do Brasil.

Fonte: BolaVip

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui