Vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, vai ao MP nesta segunda encaminhar notícia crime. Entenda!

FOTO: REPRODUÇÃO

Antes do duelo entre o Internaicional e Flamengo, um torcedor doou R$ 1 milhão para o clube gaúcho, visando o pagamento de multa que o colorado deveria fazer para o Mais Querido, caso Rodinei entrasse em campo. 

Após a vitória do Mengão, este mesmo torcedor do Inter concedeu uma entrevista ao GZH, alegando que vai “injetar dinheiro no São Paulo para a gente ser campeão”. Isso porque, o último compromisso do Flamengo, que pode conceder o título ao Mengão, é contra o São Paulo, na quinta-feira (25). 

Nesta segunda (22), o vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee, se posicionou, atráves de suas redes sociais, que irá ao Ministério Público e à policia por conta do que foi alegado pelo torcedor: 

“Manipulação de resultado sob qualquer forma é crime previsto no estatuto do torcedor, ainda mais quando são jogos da loteria federal. Hoje mesmo vamos encaminhar notícia crime ao MP e à polícia. Esse torcedor pode ser rico, mas vê-se que não é preparado.”

DEIXE UM COMENTÁRIO